tek.sapo.pttek.sapo.pt - 15 abr 13:07

Missão israelita à Lua falhou mas já tem continuidade garantida

Missão israelita à Lua falhou mas já tem continuidade garantida

Israel esteve prestes a tornar-se no 4º país do mundo a garantir uma alunagem bem-sucedida e o primeiro com iniciativa privada. A missão Beresheet acabou por falhar mas vai ser repetida.

Começou no dia 21 de fevereiro, a missão privada que enviou à Lua um veículo espacial israelita. O lançamento da nave foi feito pela SpaceX e toda a viagem correu bem, só que os minutos finais acabaram por manchar o sucesso completo da missão.

O robot realizou com sucesso todas as manobras necessárias para perder velocidade e descer em segurança até à superfície da Lua, mas nos quilómetros finais o sistema falhou. Ainda foi reiniciado com sucesso, mas acabou por se despenhar minutos depois.

A missão Beresheet custou cerca de 200 milhões de dólares e está a ser preparada há mais de uma década. O mote foi o concurso Google Lunar Xprize, que acabou sem vencedores, porque nenhuma das equipas participantes conseguiu cumprir o desafio no prazo previsto. Continuou com financiamento privado e algum apoio do Governo israelita.

Um único empresário assegurou metade do orçamento, para mostrar que um pequeno país como Israel pode estar ao lado de grandes potências como a Rússia, Estados Unidos ou China nesta aventura, como explicou à Business Insider no dia em que foi revelada a primeira foto da missão, já em marcha.

Ainda assim, e de acordo com a SpaceIL, que liderou o projeto e desenvolveu a nave, a missão (explicada neste vídeo) foi a mais barata de todas as tentativas já feitas para chegar à lua e a primeira da história com patrocínio privado.

A segunda tentativa seguirá a mesma estratégia, conforme anunciou no Twitter o presidente da SpaceIL, Morris Kahn. Dois dias depois da missão falhada, o responsável veio revelar que os muitos contactos de apoio e encorajamento recebidos levaram a empresa a decidir avançar para a Beresheet II. Esta semana o grupo de trabalho que vai preparar a missão e reunir o financiamento necessário começa já a trabalhar.

Newsletter Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email. Na sua rede favorita Siga-nos na sua rede favorita.
9
1