rr.sapo.ptOpinião de Ribeiro Cristovão - 15 abr 01:00

Faltam agora cinco finais

Faltam agora cinco finais

Benfica e Porto prosseguem uma carreira digna de registo, porque nenhum deles mostra disponibilidade para abandonar a regularidade que tem caracterizado os seus jogos mais recentes.

A partir de agora, ficam a faltar cinco jornadas para terminar o campeonato da primeira Liga.

E enquanto a dupla da frente, Benfica e Futebol Clube do Porto, não dão mostras de ceder, na cauda tabela continuam pelo menos oito clubes em risco elevado de descida de divisão.

Sobretudo no que respeita às despromoções os números são impressionantes, porque deixam bem à vista a competitividade que é evidente naquele sector da tabela classificativa.

Admite-se, por isso, que neste caminho a percorrer, cada vez mais estreito, se venham a registar momentos dramáticos, deixando também perceber que vai haver luta até ao fim.

No topo,

Neste fim-de-semana, enquanto os portistas se saíram airosamente da deslocação a Portimão, os encarnados destroçaram o Vitória de Setúbal, ainda que tendo consentido dois golos, como de resto já acontecera há poucos dias em jogo da Liga Europa.

Tratou-se de triunfos indiscutíveis e sem casos relevantes à sua volta.

Uma boa oportunidade, para ambos virarem agora as suas atenções para os compromissos europeus que se aproximam, e aos quais pode atribuir-se grau de dificuldade elevado.

Sporting Clube de Portugal e Sporting Clube de Braga também venceram, e sem grandes dificuldades.

A deslocação dos leões da capital revestia-se de maiores dificuldades, mas a equipa de Marcel Keizer teve capacidade suficiente para as ultrapassar, ainda que tenha jogado noventa minutos com apenas dez jogadores, a confirmar que a consistência de que tem dado mostras não acontece por acaso.

Os bracarenses desembaraçaram-se sem problemas do Tondela, uma equipa em situação quase desesperada.

A exibição dos minhotos certificou a ideia de que o seu regresso a um lugar do pódio continua a ser meta a alcançar.

1
1