www.publico.ptpublico.pt - 17 mar 08:54

Uma #Trashtag por um mundo mais limpo

Uma #Trashtag por um mundo mais limpo

Pessoas — sozinhas, aos pares ou em grupo — de todo o mundo têm recolhido resíduos de plástico ou quaisquer outro pedaço de lixo e partilhado nas redes. #Trashtag challenge, o novo desafio da Internet.

Primeiro, encontras um sítio que precise de ser limpo e tiras uma fotografia. Depois, pegas em alguns sacos e “perdes” alguns minutos a limpá-lo. No fim, tiras uma foto do mesmo sítio após a tua intervenção e partilhas nas redes sociais o antes e o depois. São estes os passos que precisas de dar para participares no novo desafio da Internet. Chama-se #Trashtag challenge e tem invadido as redes sociais.

“Aqui está um novo desafio para todos os adolescentes aborrecidos”, escreveu Byron Román no Facebook, chamando a atenção mundial para a necessidade de termos um planeta mais limpo, no último 5 de Março. Com mais de 331 mil partilhas e quase um milhão de reacções, a publicação de Román deu uma nova vida ao desafio já lançado em 2015 pela UCO Gear, uma empresa de produtos de campismo. “Este é um movimento para inspirar as pessoas a serem melhores para o ambiente”, disse Craig Frazee, da UCO, à CNN.

Praias, oceanos, estradas, montanhas ou parques naturais. O único critério de escolha é o sítio precisar de alguma limpeza. “Uma comunidade mais limpa é uma comunidade mais feliz e todos devemos orgulhar-nos dos lugares onde vivemos”, diz a Forbes. Por isso, pessoas – sozinhas, aos pares ou em grupo – têm recolhido resíduos de plástico ou quaisquer outro pedaço de lixo e partilhado nas redes. Da Malásia aos Estados Unidos da América, passando pela Rússia e pela Noruega, as fotografias com #trashtag chegam de todos cantos do mundo. No Instagram, a etiqueta já soma quase 30 mil publicações — e o número não pára de aumentar.

Cleaning up the world, one post at a time”, algo como “Limpar o mundo, um post de cada vez”, em tradução livre, é o lema escrito no Instagram oficial do desafio. A verdade é que os números tornados públicos nos últimos tempos têm dado o alerta para uma necessidade de intervenção global. Estima-se que, por ano, 13 milhões de toneladas de plástico cheguem aos oceanos. Os últimos dados contam 150 milhões de toneladas de plástico acumulado. E se as taxas de poluição actuais se mantiverem inalteradas, em 2050 haverá mais plástico do que peixes no mar.

Mais populares
  1. A carregar...

Na última semana, o P3 esteve à conversa com Afroz Shah, o responsável pela “maior acção de limpeza de praia do mundo” em Bombaim, na Índia. Na Climate Change Leadership, que também recebeu Al Gore, Afroz sublinhou a importância das acções individuais e dos pequenos passos para a solução da poluição ambiental a que o mundo tem assistido e deixou uma pergunta: “O que é que eu posso fazer?”. Será o #Trashtag challenge uma resposta? 

54
1