www.jn.ptjn.pt - 13 fev 18:33

Nuno Cardoso: ″Agora é como diz Shakespeare: ″Trabalhar, trabalhar, trabalhar″

Nuno Cardoso: ″Agora é como diz Shakespeare: ″Trabalhar, trabalhar, trabalhar″

Nuno Cardoso já é oficialmente diretor artístico do Teatro Nacional de S. João (TNSJ), no Porto. A nomeação foi publicada esta quarta-feira, em Diário da República.

"Agora é como a frase de Shakespeare: "Trabalhar, trabalhar, trabalhar", afirmou o ator e encenador Nuno Cardoso, em declarações ao JN.

Apesar de a notícia já ser conhecida há alguns meses, só hoje foi publicada a nomeação de Nuno Cardoso como diretor daquela instituição. O despacho sublinha a "ampla experiência" de Cardoso "como encenador e ator, destacando-se, em particular, o trabalho realizado sobre as grandes heranças dramatúrgicas, tendo encenado obras de múltiplos autores, de várias tradições e períodos, e uma expressiva experiência como programador e diretor artístico".

Como ator interpretou textos de autores como Eurípides, William Shakespeare, J.W. Goethe, Anton Tchékhov, Frank Wedekind, Fiodor Dostoievski, Gregory Motton, Bernard-Marie Koltès, Peter Handke, entre outros. Do seu trabalho mais recente, destaca-se a trilogia constituída pelos espetáculos Subterrâneo, encenado por Luís Araújo (2016), Náufrago, encenado por John Romão (2016), e Apeadeiro (2017).

No decurso das últimas duas décadas tem trabalhado insistentemente autores como Shakespeare ou Tchékhov, tendo encenado textos de múltiplos dramaturgos, de várias tradições e períodos: Ésquilo, Sófocles, Molière, Racine, Henrik Ibsen, Friedrich Dürrenmatt, Federico García Lorca, Eugene O'Neill, Tennessee Williams, Lars Norén, Sarah Kane, Don DeLillo, Marius von Mayenburg, entre muitos outros.

O despacho acrescenta ainda a necessidade de promover uma renovação na direção artística do Teatro Nacional de São João, dez anos após a designação do último diretor artístico, Nuno Carinhas. O percurso artístico de Nuno Cardoso é destacado enquanto "encenador de repertório e o conhecimento particular que detém dos panoramas nacional e internacional de produção de artes cénicas e, muito especialmente, do TNSJ (no qual desempenhou inclusive funções de coordenador de programação do Teatro Carlos Alberto entre 2003 e 2007)".

Nuno Cardoso reconhece, ao JN que já está "a trabalhar há algum tempo", mas diz estar "contente por finalmente estar oficializada e publicada esta nomeação". O mandato com efeitos a partir de 1 de fevereiro terá uma validade de três anos, renovável por igual período.

Encenador e ator, nasceu em Canas de Senhorim, em 1970. Frequentou o curso de Direito da Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra. Iniciou o seu percurso teatral no início da década de 1990, integrando o CITAC - Círculo de Iniciação Teatral da Academia de Coimbra. Em 1994, foi um dos fundadores do coletivo Visões Úteis, onde foi responsável por vários espetáculos, nomeadamente Porto Monocromático (1997).

Entre 1998 e 2003, assegurou a direção artística do Auditório Nacional Carlos Alberto, assumindo em seguida, até 2007, a coordenação de programação do Teatro Carlos Alberto, equipamento que passou a integrar a estrutura do Teatro Nacional São João. Em 20017, assumiu a direção artística do Ao Cabo Teatro.

Paralelamente, vem desenvolvendo projetos teatrais de cariz comunitário ou envolvendo não profissionais, como o PRJ. X. Oresteia, realizado no Estabelecimento Prisional de Paços de Ferreira, em 2001; R2, a partir de Ricardo II, de Shakespeare, interpretado por jovens do Bairro da Cova da Moura, em 2007; ou Porto S. Bento, com moradores do Centro Histórico do Porto, em 2012.

No TNSJ, encenou várias produções, das quais se destacam O Despertar da Primavera, de Wedekind (2004), Woyzeck, de Büchner (2005), e Platónov, de Tchékhov (2008). Muitos outros espetáculos da sua autoria têm sido apresentados e coproduzidos pelo TNSJ nos últimos anos, como Coriolano, de Shakespeare (2004), e Veraneantes, de Gorki (2007).

Pela encenação de Demónios, de Lars Norén, recebeu o Prémio Autores 2016 da SPA, na categoria de melhor espetáculo.

8
1