www.jn.ptjn.pt - 13 fev 20:35

Banda de culto do synthpop Propaganda vem a Portugal em agosto

Banda de culto do synthpop Propaganda vem a Portugal em agosto

Disco histórico de 1985 "A secret wish" vai ser tocado na íntegra. Concertos são no Hard Club, Porto, e Time Out Market, Lisboa.

Com um pé nos tops da pop e o outro nas explorações avant-garde, o quarteto alemão Propaganda estreou-se em 1984 com o single "Dr. Mabuse", uma peça assombrada pela estranheza expressionista de Fritz Lang, mas com o coração a rebentar de cores e pop arty. Em 1985, o grupo lança um álbum que muda para sempre o panorama da synthpop: "A secret wish", com produção de Stephen Lipson, um "protegé" de Trevor Horn, fundador da mítica editora da época ZTT.

O disco, que será tocado na íntegra nas duas datas portuguesas, abre com "Dream within a dream", um tema de nove minutos que inclui a recitação de Gustav Freytag de "O sonho dentro de um sonho", de Edgar Allen Poe, sobre uma paleta sumptuosa de percussão electro ondulada e um trompete melancólico. É um épico triunfante de orquestração barroca, techno progressivo e romantismo pop, tudo sob um novo embrulho de groove que o mago Trevor Horn ampliava noutras direções com os Frankie Goes to Hollywood e a "banda imaginária" The Art of Noise.

A pop estava então em pleno cataclismo regenerador: foi a altura de "Stella", dos Yello, "Low life", dos New Order, "Steve McQueen", dos Prefab Sprout, de "Hunting high & low", dos A-ha ou de "Slave to the rhythm", de Grace Jones. E "A secret wish", refletindo essa convulsão, teve o efeito recebido por um charco que é atingido por uma tempestade de metoritos elétricos. O resto é história: o synthpop teve aqui o seu pináculo e deu depois lugar à mudança para o acid house, o movimento Madchester, as frações indie e tudo o que se seguiria até ao novo milénio.

Celebrando 34 anos sobre a edição do seu álbum de estreia, os Propaganda (o grupo está agora reduzido ao duo Claudia Brücken/Susanne Freytag, já sem Michael Mertens e Ralf Dörper, e responde pela nova designação XPropaganda) visitam Portugal em duas datas de Agosto de 2019: no dia 30 atuam no Hard Club, no Porto, e no dia 31 tocam no Time Out Market, em Lisboa.

A abertura de ambos os concertos, às 21 horas, fica a cargo do quarteto post-punk canadiano Actors. A organização é da promotora At The Rollercoaster. Os bilhetes custam 25 euros.

1
1