observador.ptobservador.pt - 13 fev 18:53

Casa da Música anuncia finalistas do prémio Novos Talentos

Casa da Música anuncia finalistas do prémio Novos Talentos

O duo de piano Bernardo Pinhal e Sérgio de A, o músico de jazz Ricardo Coelho e o trompista Luís Duarte Moreira são os finalistas da segunda edição do prémio Novos Talentos.

A Casa da Música anunciou esta quarta-feira os finalistas da segunda edição do prémio Novos Talentos, os músicos Bernardo Pinhal, Sérgio de A, Ricardo Coelho e Luís Duarte Moreira.

Em comunicado, a Fundação Casa da Música, que atribui o prémio em parceria com a seguradora Ageas, anunciou como finalistas o duo de piano composto por Bernardo Pinhal e Sérgio de A, o músico de jazz Ricardo Coelho e o trompista Luís Duarte Moreira.

Tal como os finalistas, o vencedor vai ser selecionado por voto do público, num concerto a ter lugar na sala Suggia da Casa da Música, no dia 4 de maio.

Os quatro finalistas são licenciados pela Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo (ESMAE), no Porto, todos eles com múltiplas presenças em palcos internacionais, segundo as biografias disponibilizadas pela Casa da Música.

Criado em 2017, o prémio, que distinguiu na primeira edição o clarinetista Horácio Ferreira, “tem por objetivo distinguir e incentivar o trabalho de jovens músicos com idade até 35 anos e de nacionalidade portuguesa ou com residência em Portugal, de todos os géneros musicais, nas áreas da criação, interpretação e/ou desempenho em palco, e promover projetos artísticos de reconhecida qualidade”.

O prémio Novos Talentos Ageas inclui ainda a atribuição de 5.000 euros ao galardoado.

No ano passado, Horácio Ferreira reuniu o maior número de votos do público com as interpretações de “Grand Duo Concertant”, de C. M. von Weber, e “Shalom Aleichem, Rov Feidman”, de B. Kovács, acompanhado pelo pianista Bernardo Soares.

Destacamos os talentosos músicos. Veja os vídeos. Luís Duarte Moreira – trompetista Bernardo Pinhal – pianista Ricardo Coelho – baterista Abusos na Igreja

    Se tiver uma história que queira partilhar ou informações que considere importantes sobre abusos sexuais na Igreja em Portugal, pode contactar o Observador de várias formas — com a certeza de que garantiremos o seu anonimato, se assim o pretender:

  1. Pode preencher este formulário;
  2. Pode enviar-nos um email para abusos@observador.pt ou, pessoalmente, para Sónia Simões (ssimoes@observador.pt) ou para João Francisco Gomes (jfgomes@observador.pt);
  3. Pode contactar-nos através do WhatsApp para o número 913 513 883;
  4. Ou pode ligar-nos pelo mesmo número: 913 513 883.
2
1