www.sabado.ptleitores@sabado.cofina.pt (Sábado) - 13 fev 02:48

Perder, mas devagar

Perder, mas devagar

Perder ou ganhar por poucos, no atual campeonato partidário, não é a confissão de um falhanço, mas a verificação da crua realidade. Qualquer governo que se preze, fundamentado em bases precárias e sujeito a abanões sociais sucessivos, pode dar graças aos seus (é laico) pelo “poucochinho” - Opinião , Sábado.

Talvez surpreendentemente, este governo tripartido navega na maior conflitualidade social dos últimos tempos. Tal como o Syriza na Grécia, ou o PSOE em Espanha, ou o Governo May no Reino Unido, o executivo de António Costa triunfou mais pelos imensos defeitos dos outros do que pelas suas intrínsecas qualidades (apesar de as ter).

Gerou tensões internas de maiorias feitas de oportunidade e remendos, e sobretudo da administração do medo: "Se nos derrotarem, chega um monstro muito pior."
Já vimos isto.

Assine já a edição digital por 1€  para ler o artigo na íntegra ou encontre-o na edição em banca a 14 de fevereiro de 2019.

Se já é assinante, leia o artigo diretamente no ePaper da SÁBADO.     

1
1