rr.sapo.ptOpinião de Ribeiro Cristovão - 12 fev 00:00

​Venha a Champions de novo

​Venha a Champions de novo

Do lote dos oito jogos, que permitem antever espetáculos de grande qualidade, destaca-se para nós portugueses, aquele que vai ter como cenário o lendário estádio olímpico da capital italiana, a AS.Roma.

O crivo apertou e das 64 equipas que em Agosto passado iniciaram a competição mais atrativa do mundo, a Liga dos Campeões Europeus, aí temos o regresso dos jogos eletrizantes, agora com apenas as 16 melhores equipas em prova.

E embora o Benfica não tenha conseguido ultrapassar a fase de grupos, o futebol português continua representado pelo seu campeão nacional, o Futebol Clube do Porto.

Não se trata de um adversário fácil para o representante português, embora a Roma não ocupe lugar de destaque –apenas a sexta posição-, no campeonato do seu país.

Porém, os romanos mantêm-se na Champions com as mesmas ambições do início, ou seja, chegar o mais longe possível, embora reconhecendo que a malha está agora a apertar cada vez mais, como esta eliminatória vai certamente confirmar.

Com dois jogos pela frente, o campeão português dispõe da aparente vantagem de realizar o primeiro de dois jogos no terreno do adversário, o que lhe permite resguardar-se para o embate da segunda mão, no estádio do Dragão, onde, caso nem tudo corra de feição logo à noite, terá oportunidade para retificar.

É verdade que a equipa comandada por Sérgio Conceição tem perdido nestes últimos dias algum do fulgor que marcou o seu período mais florescente.

A falta de Marega, sobretudo, passou a colocar em dificuldade alguns momentos do jogo, em que é necessário ser forte para romper as defesas contrárias e chegar ao golo mais facilmente.

1
1