observador.ptobservador.pt - 12 fev 17:29

“Andi Mack”, a série do Disney Channel com a primeira personagem a dizer “sou gay”

“Andi Mack”, a série do Disney Channel com a primeira personagem a dizer “sou gay”

Cyrus Goodman é a primeira personagem gay assumida numa série televisiva do Disney Channel. A série ficou rapidamente conhecida pelo facto de abordar temas sensíveis.

Cyrus Goodman é o nome da personagem interpretada pelo jovem ator Joshua Rush e é também a primeira personagem numa série do Disney Channel a pronunciar a frase: “Sou gay”. “Andy Mack” é uma série no formato “sitcom”, com episódios de 22 a 25 minutos, e estreou-se nas televisões americanas em abril de 2017. A Portugal chegou um ano depois, em abril de 2018.

Já se sabia desde o início que o formato, que se foca num grupo de adolescentes entre os quais se encontra Cyrus, iria contar com uma personagem gay, mas só numa cena do último episódio é que a personagem se sente confortável para expor a sua orientação sexual ao seu melhor amigo, Jonah, interpretado pelo ator Asher Angel. Nesta cena, destaca-se também a reação de Jonah, que reage com um simples e natural “Yeah?! Okay, cool”:

Em entrevista ao programa de televisão “Good Morning America”, o ator Joshua Rush confessa que a personagem de Cyrus o ensinou muito sobre estar confortável consigo mesmo, deixando de parte aquilo que os outros pensam. “Sofri de bullying quando tinha a idade de Cyrus e por isso é inspirador ver como ele não tem medo de colocar questões sobre quem deve ser e o que é que isto significa para ele mesmo“, conta.

Em episódios anteriores a personagem já tinha confessado a sua orientação sexual a outros amigos, Andi e Buffy, mas nunca tinha pronunciado as palavras. Através da rede social Twitter, o ator também mostrou a sua gratidão por fazer parte do projeto e interpretar a personagem de Cyrus em particular.

Every day is a blessing working on this show. This milestone is just another stitch in a rich and vibrant tapestry that is Cyrus Goodman. https://t.co/dTSBdop7UJ

— joshua rush (@JoshuaRush) February 8, 2019

Os internautas também têm reagido �� cena do último episódio, salientando a importância de um canal como a Disney Channel, que tem um grande impacto nos mais novos, em dar este passo.

CYRUS GOODMAN JUST MADE DISNEY CHANNEL HISTORY pic.twitter.com/n2mtFsEIwZ

— ally ???? (@easeIy) February 8, 2019

As much as I want to make jokes about this being me, I have to be serious and say that this is a huge step for Disney channel and I think that exposing queer ppl to kids can heve a great inpackt and it can stop kids bullying queer kids a bit. This is really great and I'm so happy https://t.co/ccCC8Q5K3N

— Ellis | HEEJIN???? (@Goldenkimlip) February 8, 2019

“Andi Mack” conta a história de uma rapariga, Andi, de 13 anos, que está a tentar descobrir quem é e onde é que se encaixa, tanto em casa como na escola, e na vida de uma forma geral. A série conta com três temporadas até ao momento.

Abusos na Igreja

    Se tiver uma história que queira partilhar ou informações que considere importantes sobre abusos sexuais na Igreja em Portugal, pode contactar o Observador de várias formas — com a certeza de que garantiremos o seu anonimato, se assim o pretender:

  1. Pode preencher este formulário;
  2. Pode enviar-nos um email para abusos@observador.pt ou, pessoalmente, para Sónia Simões (ssimoes@observador.pt) ou para João Francisco Gomes (jfgomes@observador.pt);
  3. Pode contactar-nos através do WhatsApp para o número 913 513 883;
  4. Ou pode ligar-nos pelo mesmo número: 913 513 883.
4
1