expresso.ptexpresso.pt - 11 fev 08:21

E os Grammys distinguiram... as mulheres e o 'rap'

E os Grammys distinguiram... as mulheres e o 'rap'

A cerimónia de domingo em Los Angeles começou com um grupo de mulheres, que incluía Michelle Obama e Lady Gaga, a descreverem o papel da música nas suas vidas

.

A abertura contrastou com os Grammy do ano passado, onde os desempenhos masculinos dominaram as nomeações e a única mulher a competir pelo prémio principal, Lorde, não chegou a pisar o palco.

Contudo, este ano, Gaga, Brandi Carlile e Kacey Musgraves ganharam três distinções cada.

Carlile ganhou três prémios na categoria Americana. Gaga também venceu três, incluindo o Melhor Desempenho Pop para Duo ou Grupo, uma vitória que dividiu com Bradley Cooper.

Gaga, agora nove vezes vencedora de um Grammy, ganhou o prémio de melhor performance a solo com "Joanne", enquanto o sucesso "Shallow", de "Assim Nasce Uma Estrela", também foi distinguida, estando nomeada para um Óscar, já depois de arrecadar um Globo de Ouro.

Na música 'country', Musgraves ganhou o melhor álbum, com "Golden Hour", melhor desempenho a solo, com "Butterflies", e melhor música, com "Space Cowboy".

Diana Ross foi aplaudida de pé quando surgiu no palco para tocar "Reach Out and Touch (Somebody's Hand)" and "The Best Years of My Life".

Ariana Grande venceu o seu primeiro Grammy, com "Sweetener", na categoria de Melhor Álbum Pop.

1
1