desporto.sapo.ptdesporto.sapo.pt - 11 fev 08:34

Octávio Machado: "Bruno de Carvalho era obrigado a estar no banco porque no camarote ia dizer mal do treinador"

Octávio Machado: "Bruno de Carvalho era obrigado a estar no banco porque no camarote ia dizer mal do treinador"

Antigo dirigente leonino acusa ex-presidente de mentir no seu novo livro.

O primeiro livro de Bruno de Carvalho ainda não foi publicado e já está a gerar polémica depois de terem sido divulgados excertos sobre Octávio Machado e Jorge Jesus. O antigo diretor para o futebol do Sporting não gostou do que leu e acusou Bruno de Carvalho de mentir.

"Como é que ele sabe que eu conversava com o Jorge Jesus sobre o que vinha nos jornais às oito da manhã? É tão mentira isso porque os jornais eram levados pela mão do Vasco Fernandes, que os punha no gabinete do Jorge Jesus; eu chegava, cumprimentava o Jesus, ele raramente lia jornais e eu agarrava neles e ia para o meu gabinete", começou por dizer Octávio Machado na CMTV.

"Dou-me bem com árbitros? Muito bem, sempre me dei. Por isso é que nunca fui expulso, dirijo-me a eles educadamente. Nunca fui expulso do banco. Agora ele era obrigado a estar no banco porque se fosse para o camarote ia dizer mal do treinador e as pessoas de lá faziam feedback", disse Octávio Machado sobre a parte em que Bruno de Carvalho indica que ex-diretor dos 'leões' se dava bem com os árbitros.

"Quem é que lia o livro se não estivesse lá o Octávio e o Jesus? Quem? Vamos ver se ele esclarece Alcochete. O relacionamento dele com Marco Silva, com os jogadores, o post sobre o Guimarães", frisou Octávio Machado.

Newsletter Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email. Notificações SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações. Na sua rede favorita Siga-nos na sua rede favorita.
2
1