www.jn.ptjn.pt - 10 fev 20:18

Turismo multiplica hotéis e restaurantes em Braga mas falta gente formada

Turismo multiplica hotéis e restaurantes em Braga mas falta gente formada

Empresários preocupam-se cada vez mais com conforto, inovação e a qualidade no atendimento. Associação Comercial vai criar centro de formação especializado para restauração e hotelaria.

Paula Peliteiro, já conhecida da restauração em Esposende, chegou em junho do ano passado a Braga para assumir o restaurante Ignácio, em pleno Campo das Hortas. O espaço, já histórico na cidade, "estava parado no tempo", por isso, Paula decidiu "lavar-lhe a cara", dar-lhe luz, conforto e um menu que "não é de estrela Michelin, mas que se preocupa com o empratamento". Mais acima, o Burgus aproveitou os vestígios arqueológicos encontrados durante as obras, há dois anos, e apresenta-se quase como um hotel-museu, com um serviço multilingue. Seja na restauração ou na hotelaria, em Braga ninguém quer deixar fugir os turistas. E há cada vez mais negócios prontos a recebê-los.

Com uma sala de espetáculos e congressos renovada (Altice Forum Braga), um centro de investigação de topo (Laboratório Ibérico de Nanotecnologia), a que se junta o segundo lugar como "Melhor Destino Europeu 2019", o presidente da Câmara, Ricardo Rio, diz que é "quase certo" que a cidade ultrapasse, até dezembro, o meio milhão de visitantes registado no último ano, seja por turismo de lazer ou negócios. "Mas há potencial para crescer" e é isso que explica que, além da multiplicação de espaços de restauração, mais oito unidades hoteleiras estejam em agenda para se instalarem.

300
1