A primeira-ministra britânica vai hoje dizer que o parlamento tem o dever de aprovar o acordo de saída do Reino Unido da União Europeia (UE), perante a incerteza em torno do processo e de um possível adiamento da data da saída.