expresso.ptexpresso.pt - 14 jan 14:40

Autarca de Gdansk não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital

Autarca de Gdansk não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital

O autarca da cidade polaca de Gdansk não resistiu aos ferimentos provocados por um homem de 27 anos que se fez passar por jornalista e o atacou este domingo

Pawel Adamowicz, de 53 anos, não resistiu aos ferimentos na sequência do ataque sofrido no domingo durante um evento público na cidade polaca de Gdansk. Morreu esta segunda-feira no hospital depois de ter sido sujeito a uma cirurgia que durou cinco horas, na qual os médicos tentaram sem sucesso salvar-lhe a vida.

O atacante, de 27 anos, e com registo criminal foi detido logo após o ataque. A polícia acredita que o homem terá conseguido iludir as autoridades usando uma acreditação de jornalista.

Ver Twitter

Nas imagens captadas no momento do ataque pode ver-se o suspeito, que foi recentemente libertado da prisão, a dirigir-se ao autarca com uma arma na mão enquanto gritava: "Adamowicz está morto". O mesmo homem acrescentou que foi torturado quando esteve preso.

O ministro polaco da Saúde, Lukasz Szumowski, confirmou esta segunda-feira que Adamowicz não conseguiu resistir aos ferimentos. "Não fomos bem-sucedidos", lamentou.

Adamowicz foi presidente da Câmara de Gdansk durante 20 anos.

2
1