ionline.sapo.ptionline.sapo.pt - 14 jan 16:45

Benfica. Bruno Lage, o homem certo para apostar na formação: “ponderado, conhece bem a casa”

Benfica. Bruno Lage, o homem certo para apostar na formação: “ponderado, conhece bem a casa”

Dupla jornada em Guimarães e o clássico com o FC Porto: depois das duas vitórias nos dois primeiros jogos enquanto técnico interino, Bruno Lage assume a equipa a cerca de uma semana do encontro com os dragões, a contar para a meia-final da Taça da Liga

Tinha feito a promessa de que no início desta semana faria uma declaração a dar novas informações sobre o sucessor de Rui Vitória no Benfica.

E assim foi. Mas minutos antes de Luís Filipe Vieira, presidente dos encarnados, entrar em cena já corria o comunicado a dar conta do cenário mais esperado: depois de dois jogos enquanto treinador interino, Bruno Lage assumiu oficialmente o papel de treinador da equipa principal até ao final da temporada.

“A Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD informa, nos termos e para o efeito do disposto no artigo 248.º-A do Código dos Valores Mobiliários, que Bruno Miguel Silva do Nascimento assume, a título definitivo, as funções de treinador da equipa principal de futebol”, podia ler-se em comunicado enviado à CMVM.

Antes de passar a palavra ao novo treinador do clube da Luz, o líder das águias deixou claro que “nunca contactou nenhum treinador ou empresário” para suceder a Rui Vitória já que o ex-treinador do Benfica B “sempre foi a primeira opção” do clube.

“Contrariamente ao que divulgaram, o Benfica nunca contactou com nenhum empresário ou treinador. Ninguém poderá dizer que o Benfica contactou ‘A’, ‘B’ ou ‘C’, não sei quem criou essa história. A história hoje é dizer que a primeira opção é o Bruno Lage”, declarou.

View this post on Instagram

Bruno Lage, treinador do SL Benfica: Entrega total. #EPluribusUnum

A post shared by Sport Lisboa e Benfica (@slbenfica) on Jan 14, 2019 at 8:45am PST

Aposta na formação A aposta em Bruno Lage vem, de resto, ao encontro do que o dirigente encarnado pretende para o clube da Luz – a aposta na formação, terreno no qual o técnico setubalense está forçosamente familiarizado. 

“[A escolha] Foi bastante ponderada, trata-se de um homem ponderado, que conhece bem a nossa casa, toda a formação do Benfica, sabe os objetivos que temos e é dentro desse espírito que queremos pensar. Quero pedir apoio aos benfiquistas para a equipa e para o treinador, é com eles que vamos até ao fim. Queremos ser felizes no final da época”, continuou Luís Filipe Vieira.

Já enquanto técnico definitivo do plantel encarnado, Bruno Lage anteviu o futuro próximo das águias e falou de algumas mudanças que pretende ver introduzidas de imediato na filosofia da equipa.

“Vamos tentar fazer o que presidente pediu, dar continuidade ao trabalho que tem sido desenvolvido, tentar tirar partido do bom trabalho desenvolvido pelo antigo treinador”, disse, adiantando que que a “principal tarefa” do Benfica será “passar de 4x3x3 para 4x4x2”.  “Tentamos transmitir uma imagem de entrega e motivação. É muito importante reconquistar o público, jogando com qualidade. É jogo a jogo, treino a treino com intensidade alta e motivação”, esclareceu.

Aos 42 anos, Bruno Lage não quer ver as atenções centradas em si e lembra que o coletivo é o mais importante: “Deixarmos de pensar no eu mas sim no nós”.

O técnico assume agora o seu segundo desafio enquanto treinador principal, mas a sua primeira experiência na 1ª divisão do futebol nacional – esteve seis meses no comando técnico da B dos encarnados, e foi, também durante cerca de meio ano, treinador adjunto no Swansea City, da Liga inglesa e, imediatamente antes, do Sheffield Wednesday, do Championship [2.ª divisão inglesa], sempre ao lado de Carlos Carvalhal.

Decidiu vir para o Seixal, em julho de 2018, por causa da família, sobretudo do filho de três anos, com quem tinha passado muito pouco tempo desde o seu nascimento. “O que me fez vir para a equipa B foi poder ser pai além de ser treinador. O meu filho tem 3 anos e praticamente não o vi nascer. Quando o presidente falou comigo para vir, vi um projeto sólido que me permite estar mais perto de casa”, afirmou o técnico a 30 de novembro, depois de uma vitória, no Seixal, do Benfica B sobre o Estoril.

A empatia e o carinho que criou por todas as equipas onde passou é, aliás, uma mais valia na nova aposta doBenfica, que já conseguiu perceber a boa relação entre o novo técnico e os jogadores.

Dupla jornada em Guimarães e o clássico Depois das duas vitórias no mesmo número de encontros (com o Rio Ave e o Santa Clara), Bruno Lage vai enfrentar agora uma dupla jornada em Guimarães. Já como técnico definitivo dos encarnados, o setubalense vê esta terça-feira o Benfica defrontar o Vitória, no Estádio D.Afonso Henriques, em jogo dos quartos-de-final da Taça de Portugal. Já nesta sexta-feira, a águia volta a defrontar a formação vimaranense, mas, desta feita em jogo da ronda 18 da I Liga.

Segue-se depois o clássico com o FC Porto, no dia 22 deste mês, em jogo das meias-finais da Taça da Liga, naquela que será a primeira prova de fogo para o sucessor de Rui Vitória.

2
1