expresso.ptexpresso.pt - 14 jan 10:47

“Cidadãos interessados” fundam Observatório de Saúde António Arnaut

“Cidadãos interessados” fundam Observatório de Saúde António Arnaut

Defesa, modernização e sustentabilidade do Serviço Nacional de Saúde são as metas para a recém criada estrutura de defesa da Saúde em Portugal. Os médicos Américo Figueiredo, Álvaro Beleza, Cipriano Justo, Eurico Castro Alves e Mário Jorge Neves e o filho de António Arnaut são alguns dos fundadores

O Serviço Nacional de Saúde (SNS) tem mais um defensor: o Observatório de Saúde António Arnaut. Com sede em Coimbra, foi constituído por “um grupo de cidadãos interessados na área da saúde e partilhando os ideais humanistas e republicanos de acesso à prestação dos cuidados de saúde sem qualquer discriminação de raça, de credo ou de nível sócio-económico”. Entre os fundadores estão o filho do fundador do SNS, o também advogado António Manuel Arnaut, e vários médicos reconhecidos, entre eles o professor de Coimbra Américo Figueiredo, coordenador do Observatório, Álvaro Beleza, Cipriano Justo, Eurico Castro Alves ou Mário Jorge Neves.

Juntos pretendem “contribuir para a defesa, modernização e sustentabilidade do SNS, entendido este como o pilar essencial da garantia constitucional do direito à saúde e do Estado Social” e “porque seguiram de perto a vida e a obra de António Arnaut e com ele comungaram de muitas ideias e valores, entenderam atribuir ao Observatório o seu nome em sua honra e memória”. Além disso, “num momento preocupante para a consolidação das políticas sociais, constituir um observatório com o nome do ‘pai’ do SNS é também uma justa homenagem”.

7
1