www.publico.ptpublico.pt - 14 jan 15:18

Ministra da Agricultura brasileira critica Gisele Bündchen, mas quer convidá-la para ser embaixadora

Ministra da Agricultura brasileira critica Gisele Bündchen, mas quer convidá-la para ser embaixadora

Recrutar a top model como porta-voz da sustentabilidade seria significativo para o Governo de direita de Jair Bolsonaro.

A ministra da Agricultura do Brasil criticou, nesta segunda-feira, Gisele Bündchen por dizer que o Brasil está a desflorestar e disse que convidará a supermodelo para ser embaixadora pelos esforços que o país faz na preservação da natureza.

A ministra Tereza Cristina Dias disse no Twitter que Bündchen receberia o convite em breve, depois de atacá-la numa entrevista de rádio. “Desculpa, Gisele Bundchen, você deveria ser nossa embaixadora, dizer que o seu país preserva, que o seu país está na vanguarda global da preservação e não falar mal sobre o Brasil sem conhecer os factos”, disse Dias na rádio Jovem Pan de São Paulo, na segunda-feira.

Recrutar a top model como porta-voz da sustentabilidade seria significativo para o Governo de direita de Jair Bolsonaro, que assumiu o poder no primeiro dia de Janeiro.

Bündchen, que é casada com a estrela de futebol norte-americana Tom Brady, e vive bos EUA, é uma defensora das causas ambientais. Na era do Presidente Michel Temer confrontou-o, por duas vezes, nas redes sociais criticando as suas políticas de redução ou eliminação de áreas protegidas da Amazónia. Temer acabou por recuar, nesses dois momentos, respondendo directamente a Bündchen, através do Twitter.

Os ambientalistas temem que Bolsonaro reverta as leis de protecção ambiental, uma vez que disse que quer acabar com uma “indústria” de multas ambientais – consideradas pelos activistas como uma ferramenta importante para garantir que as regras são cumpridas. O Presidente também já sugeriu que o Brasil deve abandonar o Acordo de Paris.

4
1