www.publico.ptpublico.pt - 12 jan 17:15

Maioria das distritais do PSD faltou a reunião do Conselho Estratégico

Maioria das distritais do PSD faltou a reunião do Conselho Estratégico

A ausência dos dirigentes está a ser lida como um sinal de afastamento do líder do PSD, um dia depois de ter sido desafiado por Luís Montenegro a marcar eleições directas.

A maioria dos líderes das distritais do PSD faltou à reunião desta manhã do Conselho Estratégico Nacional (CEN), em Coimbra, apurou o PÚBLICO.

As distritais não estão representadas na orgânica do CEN, mas foram convocadas para esta reunião de preparação da primeira convenção do CEN, marcada para 16 de Fevereiro. Só quatro dirigentes distritais compareceram: Lisboa Oeste, Santarém, Aveiro e Faro. Nem em todos os casos os representantes das estruturas foram os líderes. Entre os que faltaram estão Pedro Pinto (Lisboa), Pedro Alves (Viseu) e Maurício Marques, que preside à distrital de Coimbra, onde se realizou a reunião desta manhã.

A ausência dos dirigentes está a ser lida como um sinal de afastamento de Rui Rio. Foi, aliás, nestas estruturas locais que começou o movimento de recolha de assinaturas para convocar um conselho nacional extraordinário para apresentar uma moção de censura à direcção de Rui Rio. 

O encontro serviu para preparar a convenção do CEN, que foi anunciada por Rui Rio, na passada quarta-feira, como uma iniciativa de grande dimensão com a participação de 1500 militantes e simpatizantes e a realização de 16 debates de áreas temáticas diferentes.

Presidido por David Justino, o CEN, composto por um coordenador e um porta-voz em cada uma das 16 áreas temáticas, está a preparar o programa eleitoral do PSD. 

44
1