www.publico.ptpublico@publico.pt - 12 jan 22:26

Análise aos lances polémicos do Sporting-FC Porto

Análise aos lances polémicos do Sporting-FC Porto

O ex-árbitro Pedro Henriques faz a sua análise aos lances mais controversos da arbitragem de Hugo Miguel no clássico entre o Sporting e o FC Porto.
Minuto 11
 - Amarelo a Herrera por pisar Bruno Fernandes

Herrera pisa o calcanhar de Bruno Fernandes, para além de cortar um ataque prometedor. A infracção é negligente, ou seja, não tem em conta o perigo e as consequências do seu acto, razão pela qual foi cartão amarelo.

Minuto 22 - 
Jeferson fez penálti sobre Marega?

Esteve bem o árbitro em não assinalar penálti, pois ambos os jogadores usaram as mãos e os braços para ganharem posição e ficar de posse da bola. A queda de Marega acontece em função do contacto físico e do movimento de ambos os jogadores.

Minuto 33 - 
Bruno Fernandes advertido por pontapear joelho de Corona

Bruno Fernandes foi correctamente advertido por uma entrada negligente, já que acabou por pontapear um joelho de Corona ao tentar disputar a bola.

Minuto 45’+1’
 - Bruno Fernandes faz falta sobre Herrera?

Herrera, ao sair em ataque rápido, acaba por ser carregado por Bruno Fernandes, que não tentou jogar a bola mas apenas destruir a jogada à saída do meio-campo. Uma infracção passível de cartão amarelo que, na ocasião, seria o segundo.

Minuto 56
 - Soares pontapeou as mãos de Renan

Num lance de perigo na baliza “leonina” o árbitro interrompe a jogada, e bem, porque Soares pontapeou a mão de Renan quando este já tinha a bola controlada. Uma infracção atacante correctamente assinalada.

Apreciação geral

Num jogo de elevado grau de dificuldade como é sempre um clássico e que se reflectiu nas mais de 40 faltas e nos oito cartões amarelos mostrados, foi no plano disciplinar que a arbitragem foi mais irregular e menos bem conseguida. O árbitro procurou gerir com bom senso o jogo e os jogadores e esteve sempre próximo dos lances. Bem ao nível das áreas e sem casos de VAR

5
1