www.publico.ptpublico.pt - 12 jan 14:59

ACNUR: mais de cinco mil pessoas abandonam a Venezuela diariamente

ACNUR: mais de cinco mil pessoas abandonam a Venezuela diariamente

Projecções indicam que este ano mais dois milhões de venezuelanos podem abandonar o seu país devido à crise económica, política e social.

Entre cinco mil e 5500 pessoas abandonam diariamente a Venezuela com destino à Colômbia e a outros países da região, anunciou neste sábado o Alto-Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR), sublinhando um aumento das travessias em alguns postos fronteiriços.

A média de imigrantes e refugiados venezuelanos noutros países diminuiu em Dezembro em relação aos meses anteriores, mas voltou a aumentar, precisaram porta-vozes daquele organismo da ONU.

A grande maioria dos cidadãos venezuelanos vai para a Colômbia, onde se regista o maior número de entradas (incluindo os que dali prosseguem para o Peru, Equador e outros países), com apenas algumas centenas de pessoas a passarem diariamente  a fronteira entre a Venezuela e o Brasil, referiu o ACNUR.

O ACNUR adverte que os números registados podem não reflectir o total real, já que muitos venezuelanos passam as fronteiras de forma irregular e não há números oficiais de saídas por parte da Venezuela.

O ACNUR e a Organização Internacional para as Migrações (OIM) informaram em 2018 que os países da América Latina e das Caraíbas acolheram 2,4 milhões de venezuelanos, ao passo que outros 600 mil se distribuíram por outras regiões.

Algumas projecções de organismos internacionais indicam que em 2019 mais dois milhões de venezuelanos poderão abandonar o seu país devido à crise económica, política e social.

3
1