pplware.sapo.ptpplware.sapo.pt - 12 jan 18:00

Xiaomi já está a preparar a versão Pro do Redmi Note 7

Xiaomi já está a preparar a versão Pro do Redmi Note 7

A Xiaomi não abranda o ritmo de novos lançamentos e torna-se difícil não abordar frequentemente esta marca. Famosa pelos seus smartphones com ótima relação preço / qualidade, em breve teremos um novo Android: Redmi Note 7 Pro!

Com a CES Las Vegas a decorrer neste momento nos Estados Unidos, o ritmo de apresentações e lançamentos tem sido incrível. Esta semana tem sido igualmente importante para a Xiaomi que, aliás, já está a preparar uma versão Pro do seu novo Redmi Note 7.

É a mais pura das verdades. A Xiaomi não abranda o ritmo de novos lançamentos e torna-se difícil não abordar frequentemente esta marca. Famosa pelos seus smartphones com ótima relação preço / qualidade, em breve teremos o Redmi Note 7… Pro!

Em primeiro lugar, poderá inteirar-se de toda as características da versão standard deste Redmi Note. Assim, com base nas informações que já chegaram à Internet, veremos como e onde poderá ser reforçado este smartphone.

Para o Redmi Note 7 Pro da Xiaomi teremos melhorias substanciais, começando pelo seu processador. Aqui, de acordo com várias fontes, teremos o SoC Snapdragon 855 da Qualcomm, o seu mais recente modelo topo de gama.

Esta confirmação foi feita pelo próprio CEO da Xiaomi através de uma publicação na rede social chinesa, a Weibo. Assim sendo, teremos pelo menos uma variante com este SoC de topo.

O Snapdragon 855 será o coração do Redmi Note 7 Pro

Recordando que a Redmi é agora uma marca independente da Xiaomi, teremos modelos de gama alta a serem criados por ambas. Aliás, não nos esqueçamos da segunda submarca da Xiaomi, a POCO.

Além disso, tal como o Redmi Note 7 na versão base, teremos um sensor fotográfico de 48 MP. Contudo, no primeiro smartphone é utilizado o sensor ISOCELL Bright GM1 da Samsung. Este, na prática, combina a informação de 4 píxeis adjacentes num só.

Por sua vez, no próximo Redmi Note 7 Pro da Xiaomi teremos o sensor Sony IMX586 com 48 MP de resolução. Este sensor foi especialmente desenvolvido pela fabricante nipónica para melhorar as fotos em condições de baixa luminosidade.

O CEO da Xiaomi está confiante no sucesso da Redmi

Nesse sentido, acreditamos que o sensor fotográfico venha a ser um dos maiores trunfos do Redmi Note 7 Pro. Note-se que este tipo de fotografia, de baixa luminosidade, é um dos mais problemáticos para todo e qualquer dispositivo móvel.

Ao mesmo tempo não nos podemos esquecer do seu processador topo de gama. Mais ainda, de acordo com as fugas de informação, o seu preço poderá ser irrisório tendo em conta as características técnicas.

Em suma, acredita-se que o Redmi Note 7 Pro da Xiaomi venha a custar um total de 2500 Yuan no seu mercado natal, a China. Valor que se traduz em cerca de $368 em conversão direta, algo como 320€.

Em síntese, seria um novo recorde de preço baixo para um smartphone com processador de topo. Algo a que a POCO já nos mostrou ser possível e, ao que tudo indica, será também uma constante na nova submarca da Xiaomi.

Numa última nota, segundo o CEO da Xiaomi, Lei Jun, no 3º trimestre de 2018 existiam 278 milhões de smartphones Redmi em circulação. O executivo garantiu ainda que a nova submarca continuará a pautar-se pelo preço baixo e alta qualidade dos seus produtos.

| Fonte

16
1