ionline.sapo.ptionline.sapo.pt - 12 jan 12:21

Explosão em Paris faz vários mortos e mais de 40 feridos

Explosão em Paris faz vários mortos e mais de 40 feridos

A explosão aconteceu durante a manhã de sábado e foi sentida em vários prédios vizinhos

A explosão que este sábado destruiu uma padaria em Paris, na rua Trévise, no 9.º bairro da capital francesa, fez dois mortos e mais de 40 feridos. O ministro do Interior, Christophe Castaner, tinha inicialmente avançado quatro vítimas mortais, mas a informação foi entretanto corrigida. 

As duas vitimas mortais são bombeiros, segundo avança a RTE. Também o número de feridos subiu nesta nova correção, tendo passado de 36 para 47, dos quais 10 estão em estado grave. "Infelizmente, as perdas humanas são particularmente graves", disse ainda o ministro aos jornalistas.

Segundo a Europel, o alerta foi dado às 9h00 (8h00 em Lisboa) e os bombeiros foram chamados ao local para combater o incêndio que resultou da explosão. Para além da padaria foram ainda destruídas oito viaturas que estavam nas redondezas da padaria e várias montras de lojas, avança a France Presse.

The damage is severe at the gas explosion this morning on #ruedetrevise in #Paris No Information on casualties yet pic.twitter.com/pB6Zi5hKFP

— Sjaak Seen (@SjaakSeen) 12 de janeiro de 2019

Apesar de não haver ainda uma confirmação oficial sobre as causas da explosão, mas “tudo aponta para acidente e para uma fuga de gás na padaria mas a investigação está em curso”, avança Remy Heitz, procurador fracês. A suspeita de terrorismo foi colocada de parte.

Destruction for blocks after an explosion on rue de trévise pic.twitter.com/GsrLqyasQA

— Emily Molli (@MomesMolli) 12 de janeiro de 2019

As autoridades francesas apelam a que os cidadãos evitem a zona para que seja possível a circulação deos veículos de socorro.

🔴 #intervention en cours des @PompiersParis pour un incendie dans un commerce suivi d’une forte explosion rue de Trévise dans le 9ème. Évitez le secteur et laissez le passage aux véhicules de secours

— Préfecture de police (@prefpolice) 12 de janeiro de 2019

Atualizada às 13h24

4
1