www.sabado.ptleitores@sabado.cofina.pt (Sábado) - 12 jan 01:00

As dignidades do Estado

As dignidades do Estado

Um dia ainda recordaremos com saudade estes telefonemas inusitados de Marcelo para Cristina. Arrisco até uma data para essa nostalgia: o momento em que for Cristina Ferreira a ocupar o Palácio de Belém e, quem sabe, a acumular o cargo com um talk show na Sala das Bicas. Já faltou mais - Opinião , Sábado.

portugal não tem uma organização fascista digna de nome. A mera possibilidade de isso acontecer está vedada pela Lei Fundamental. E, desde 1975, os portugueses continuam a entregar os seus destinos às mesmas agremiações de sempre – três partidos democráticos, uma relíquia comunista e, mais recentemente, uma companhia de circo. Não há sinais de que isso se vá inverter em 2019. Donde, como explicar esta febre com o regresso do "fascismo"?

Duas explicações. A primeira lida com o compreensível desalento dos nossos meios de comunicação social. Como é possível que a Europa tenha várias seitas próximas do ideário e Portugal continue à margem das grandes modas internacionais? 

Assine já a edição digital por 1€  para ler o artigo na íntegra ou encontre-o na edição em banca a  10 de janeiro de 2019.

5
1