www.publico.ptpublico.pt - 11 jan 10:23

Aos 100 anos, a Bauhaus está a falar de design sobre rodas

Aos 100 anos, a Bauhaus está a falar de design sobre rodas

No centenário da escola de design, artes plásticas e arquitectura, uma espécie de atrelado com a imagem da Bauhaus vai viajar por Dessau, Berlim, Kinshasa e Hong Kong. Durante dez meses, será casa de workshops e debates que querem acabar com visões

Durante os próximos dez meses, quem andar por Dessau e Berlim, na Alemanha, Kinshasa, na República Democrática do Congo, ou Hong Kong, na China, poderá ser surpreendido ao cruzar-se com um atrelado em forma de escola. No centenário da escola Bauhaus, a instituição alemã transformou-se numa casa móvel que vai viajar entre as quatro cidades para difundir a sua filosofia de design e acabar com as visões eurocêntricas.

Wohnmaschine (que em português pode ser traduzido por “máquina viva”) é o nome do veículo de 15 metros quadrados desenhado pelo arquitecto Van Bo Le-Mentzel, que reproduz a imagem do icónico edifício concebido pelo fundador Walter Gropius, em 1919. Todo envidraçado e com o famoso grafismo da Bauhaus, o atrelado possui uma área para workshops e exposições, bem como um quarto para leitura, onde estão expostos livros que contam a história da escola de design.

PÚBLICO - Foto Van Bo Le-Mentzel desenhou o autocarro Mirko Mielke

A escola móvel está inserida no projecto Spinning Triangles, encabeçado pelo colectivo alemão Savvy Contemporary que, a propósito dos 100 anos da Bauhaus, preparou uma série de simpósios e workshops para desafiar, fazer “desaprender” atitudes coloniais perante a modernidade e acabar com as influências eurocêntricas ensinadas nas escolas. O colectivo explica que usa o momento de criação da instituição para “reverter e redesenhar” o design.

“Reconhecemos a Bauhaus não só como uma solução, mas também como um problema, e vamos propor uma escola de design que possa ser também uma “não-escola”, que irá emergir através de um processo entre Dessau, Kinshasa, Berlim e Hong Kong”, lê-se no site do Savvy Contemporary.

PÚBLICO - Foto Savvy Contemporary

Aberta ao público, a instalação já arrancou, a 4 de Janeiro, com quatro workshops em Dessau, onde vai ficar até dia 22; depois viaja até Berlim, para uma paragem entre os dias 24 e 27 de Janeiro, data que coincidirá com a abertura do festival 100 Anos Bauhaus. A 6 de Abril, Wohnmaschine estará já na República Democrática do Congo, onde ficará até dia 14 do mesmo mês. A tour termina em Hong Kong — entre os dias 8 e 12 de Agosto —, no espaço de arte Para Site, onde vão ser discutidas investigações futuras. 

Mais populares
  1. A carregar...

A escola Bauhaus foi encerrada em 1933 pelo Partido Nacional Socialista alemão. Apesar de só ter funcionado durante 14 anos, é uma referência não só no mundo do design, mas das artes plásticas e arquitectura. Por lá passaram figuras como o arquitecto Mies van der Rohe e os pintores Paul Klee, Wassily Kandinsky e Johannes Itten.

45
1