pplware.sapo.ptpplware.sapo.pt - 8 dez 08:00

Se usa o Android 4.0 a loja de apps do smartphone vai deixar de funcionar

Se usa o Android 4.0 a loja de apps do smartphone vai deixar de funcionar

A Google decidiu agora impor um novo limite no Android e vai em breve deixar de suportar o Android 4.0 ice cream sandwich e o smartphone, começado pela sua loja de apps.

O problema da fragmentação do Android leva a que muitos utilizadores ainda estejam a usar equipamentos com versões muito desatualizadas deste sistema operativo.

Esta situação leva a que a Google se veja obrigada a suportar nos seus serviço as ferramentas para os manterem utilizáveis. A empresa decidiu agora impor um novo limite e vai em breve deixar de suportar o Android 4.0 ice cream sandwich, começado pela sua loja de apps.

Foi a própria Google que anunciou que muito em breve o Android 4.0 (ice cream sandwich) vai deixar de ter suporte para a sua loja de aplicações. Isto será feito com o fim do suporte do Google Play Services para as versões 14 e 15 da API.

O fim das apps para o Android 4.0 na loja do Android

Esta posição representa um problema para os utilizadores que ainda usam esta versão, pois vão deixar de poder atualizar as apps que têm instaladas no seu smartphone e instalar novas.

A razão da Google para este abandono está na idade desta versão e a falta de funcionalidade que já tem, o que limita os programadores e o próprio desempenho das aplicações.

Se este parece um problema, a verdade é que a sua dimensão pode ser até bem reduzida. Segundo dados da Google, o Android 4.0 representava apenas 0,3% dos smartphones Android ainda ativos. Assumindo que existem 2 mil milhões de dispositivos, o Android 4.0 representa 6 milhões.

A entrada do smartphone Android 4.0 na lista das exclusões

O Android 4.0 passará assim a fazer parte do 1% de versões do Android que deixaram já de ter suporte da Play Store e que continuam a funcionar de forma ativa e periódica. A recomendação da Google para resolver este problema é a troca de dispositivo.

Esta é mais uma prova cabal de que o problema da fragmentação do Android existe e, mesmo com tudo o que a Google já fez, não o consegue controlar, tanto por culpa sua como dos fabricantes e ate dos utilizadores.

20
1