desporto.sapo.ptdesporto.sapo.pt - 8 dez 23:48

Rui Vitória: "Não foi fácil os jogadores manterem o controlo"

Rui Vitória: "Não foi fácil os jogadores manterem o controlo"

Treinador do Benfica falou sobre a dureza da partida em Setúbal.

O Benfica venceu hoje no terreno do Vitória de Setúbal, por 1-0, em jogo da 12.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, e subiu provisoriamente a terceiro, aguardando o resultado do Sporting no domingo.

Após a partida, Rui Vitória, treinador do Benfica, falou à 'flash-interview' da Sport TV sobre as incidências da partida.

Jogo: "Foi uma vitória justa num jogo tremendamente difícil, tendo em conta a dureza. O adversário bate-se bem, tem feito um belíssimo campeonato e com esta postura vai roubar muitos pontos a muitas equipas. Fomos juntos vencedores. Entrámos à procura do golo, sabíamos como entrar na defesa contrária. Na segunda parte tivemos oportunidades para fazer o 2-0 e o 3-0, mas isso não mancha a nossa equipa. Se não fosse a postura e a união da equipa, seria difícil levar daqui pontos."

Dureza da partida: "É uma das equipas mais duras do campeonato, joga muito nos duelos, consegue desestabilizar adversários, pára muito com faltas importantes em momentos de transição. Tínhamos de ser incisivos, ir à procura do golo. Fizemos o golo cedo mas depois estivemos sempre fortes do ponto de vista mental. Era intenção ficar na frente do marcador e depois gerir, foi o que aconteceu e ganhámos justamente.

Importância da vitória: "Os jogos para nós são todos importantes, nunca sabemos qual é o decisivo. Sabíamos que este adversário tinha ganho o último jogo, tem uma belíssima equipa e tínhamos de ser muito fortes para ganhar aqui, especialmente no controlo emocional. Acabámos por sê-lo em todos os momentos. Não foi fácil jogar com esta dureza e os meus jogadores manterem o controlo."

Três vitórias seguidas: "Tínhamos de fazer este jogo e ganhámos. Agora vamos preparar o de quarta-feira. Isto é passo a passo, é assim que pensamos. Olhar para o próximo jogo e trabalhar da melhor maneira possível. Depois as consequências serão fruto do nosso trabalho."

2
1