www.sabado.ptleitores@sabado.cofina.pt (Sábado) - 7 dez 09:00

Os VIP de Lisboa

Os VIP de Lisboa

Naquela quarta, a Carla decidira virar o mundo ao contrário e guardar um prato do dia para o dia seguinte - Opinião , Sábado.

Ele é daquelas pessoas que irrita a chuva e nunca se irrita com ela - entre dois pingos, o homem escapa-se; se algo falha e ele se molha, baptiza a água de benta, diz que é a vida e segue vivendo. Ele também é um presente e descanso para aqueles amigos (não sei se me entendem) que chegam sempre atrasados ao seu encontro. Assim, num dia de chuva, atrasada para o almoço, encontrei-o como sempre: discreto e feliz.

Naquela tasca onde, bem temperadas, até pedras ele mastigaria, o meu amigo recebeu-me com um sorriso e o prato vazio. Ao lado, os meus chocos, em frente um cozido para dois, e ele ali descasado, sem nada para comer. Estranhei, mas ele não se descoseu.

Estava entusiasmado - e como ele é daquelas pessoas que quando se entusiasma é como se tivesse uma central de electricidade a correr-lhe nas veias, deixei-o estar. Quando o céu abriu, fiz a pergunta que tinha engasgada: o que é que aconteceu, diz lá.

Com um brilhozinho nos olhos, ele explicou: naquela tasca que é a sua cantina, a Carla sabe que ele tem uma relação séria com o atum de escabeche. O que a Carla também sabe é que o atum só chega à quarta, tem manias. O que é que eu fiquei a saber? Que naquela quarta a Carla decidira virar o mundo ao contrário e guardar um prato do dia para o dia seguinte. O atum esperaria pelo meu amigo até quinta. Esperaria e esperou.

Por uma razão entre muitas, a Carla tinha acabado de me emocionar: no meio de uma Lisboa que às vezes parece tão apaixonada pelos turistas que desvia o olhar quando vê clientes habituais, há uma tasca que cuida do meu amigo e dos seus amores. Assim, aquela tasca faz dele um VIP numa cidade cheia de gente mais importante.

A meio dos chocos, a Carla haveria ainda de me pôr a rir: com ela aprenderia que naquela tasca há amor, mas não há pão para malucos - o meu amigo esperou, esperou e só não desesperou porque, já disse, ele não é de se irritar com a vida. A Carla? Muito menos. Portanto, VIP mas não tanto, que ela só tem dois braços - há mais Portugal que isto?

1
1