observador.ptobservador.pt - 6 dez 13:49

Há uma nova plataforma que o avisa se houver comboios suprimidos ou atrasados

Há uma nova plataforma que o avisa se houver comboios suprimidos ou atrasados

De forma a informar os clientes em tempo real sobre os comboios que foram suprimidos ou atrasados, nasceu a Suprimidos.pt, que já está disponível online ou através de uma aplicação para Android.

Com a greve de 24 horas da CP – Comboios de Portugal, da EMEF e das Infraestruturas de Portugal marcada para esta sexta-feira, e sem serviços mínimos, as rotinas dos passageiros vão mudar. Para quem anda sempre a correr para conseguir apanhar o comboio ou simplesmente quer organizar a sua vida em tempos de greve, há uma nova solução: chama-se Suprimidos.pt e foi lançada esta quinta-feira.

Esta plataforma, criada pelo mesmo responsável de Fogos.pt, permite notificar em tempo real quais os comboios que foram suprimidos ou atrasados, quer seja por perturbações nas linhas, por plenários de colaboradores ou protestos de funcionários. Construído por uma equipa de quatro pessoas, o Suprimidos.pt pode ser acedido através do website ou de uma aplicação disponível para Android e brevemente para iOS.

Os transportes públicos são essenciais no quotidiano das pessoas e quaisquer alterações têm um grande impacto nas suas vidas. Esta solução permite que as pessoas se organizem melhor e consigam pensar em alternativas”, explicou João Pina, criador da plataforma, citado em comunicado.

Através da recolha de informação do website das Infraestruturas de Portugal, a plataforma consegue disponibilizar de imediato as informações aos utilizadores, podendo até enviar notificações para quem ative essa opção e também verificar que comboios foram surprimidos ou atrasados nos dias anteriores. O código do Suprimidos.pt, diz a plataforma em comunicado, está em open source, o que significa que está aberta a “qualquer pessoa que se queira juntar à causa”.

4
1