www.jornaldenegocios.ptjornaldenegocios.pt - 6 dez 15:41

Lance Armstrong: Investimento na Uber “salvou a nossa família”

Lance Armstrong: Investimento na Uber “salvou a nossa família”

O antigo ciclista investiu 100 mil dólares em 2009 e diz que o retorno é bom demais para ser verdade.

O antigo ciclista profissional Lance Armstrong confessou, em entrevista à CNBC, que o investimento que fez na Uber "salvou" a sua família, depois do escândalo de doping que o afastou do desporto lhe ter custado milhões de dólares em acordos judiciais e patrocínios perdidos.

"Salvou a nossa família", afirmou o recordista do Tour de France numa entrevista à CNBC transmitida esta quinta-feira, 6 de Dezembro.

Armstrong contou que, em 2009, investiu 100 mil dólares na empresa norte-americana de capital de risco Lowercase Capital, e que grande parte do dinheiro foi canalizado para a Uber, na altura avaliada em 3,7 milhões de dólares. Hoje, a caminho do seu IPO, a plataforma electrónica de transportes foi avaliada pelos bancos em 120 mil milhões de dólares.

À CNBC, o antigo ciclista admitiu que nem sabia para onde estava a ser canalizado o seu investimento. "Pensava que estavam a comprar acções do Twitter a funcionários ou antigos funcionários", mas a verdade é que o maior investimento da Lowercase "era a Uber".

Armstrong não divulgou o retorno do seu investimento, dizendo apenas que o valor "é bom demais para ser verdade".

Depois de várias acusações de doping, em 2012 Armstrong perdeu todos os títulos obtidos depois de 1998 e foi banido do ciclismo de competição pela União Ciclista Internacional devido ao uso de substâncias ilícitas, o que foi confirmado pelo próprio no ano seguinte.

O atleta perdeu patrocínios milionários e pagou milhões de dólares para encerrar processos judiciais. Escapou do mais pesado, em que o governo federal pedia até 100 milhões de dólares, com um acordo de 5 milhões.

7
1