www.jn.ptjn.pt - 6 dez 13:06

Os utensílios que tem na cozinha podem diminuir o tamanho do pénis

Os utensílios que tem na cozinha podem diminuir o tamanho do pénis

Componentes químicos usados em utensílios como as frigideiras antiderrapantes podem comprometer a fertilidade dos homens e o tamanho do pénis. As conclusões são de um estudo desenvolvido por investigadores italianos.

Em causa estão o "polifluoralquil" e o "perfluoralquim", conhecidos como PFA. São substâncias muito conhecidas por serem usadas nas frigideiras antiderrapantes, embalagens de alimentos e até nas roupas. Um grupo de cientistas da Universidade de Pádua, em Itália, estabeleceu uma relação entre estes elementos o tamanho do pénis.

De acordo com o estudo, publicado na revista científica "The Journal of Clinical Endocrinology & Metabolism", os cientistas concluíram que os homens que cresceram em áreas expostas a este tipo de elementos podem ter o pénis 12,5% mais pequeno. Para o estudo, que decorreu entre junho de 2017 e maio de 2018, foi analisada uma amostra de 338 homens, com uma média de idade de 18 anos.

A região de Pádua, em Itália, é conhecida por ser uma das zonas que apresenta os mais altos níveis de poluição provocada pelos PFA em todo o mundo. Os investigadores italianos descobriram que estas substâncias afetam os recetores de testosterona.

Desta forma, os homens crescem com pénis mais pequenos, esperma menos saudável. Apresentam, igualmente, uma distância menor entre o escroto e o ânus, um sinal de menor fertilidade. "Além da redução da qualidade do sémen, também foi observada uma menor contagem de espermatozoides nos homens expostos", pode ler-se no estudo. Os cientistas dão ainda conta do aumento do "pH no sémen e da menor percentagem de espermatozoides com uma morfologia normal". Entre os sinais de alarme está também a "redução do comprimento do pénis e a redução do volume testicular".

"Este estudo demonstra que os PFA têm um impacto substancial na saúde humana masculina, pois interferem diretamente nas vidas hormonais que podem levar à infertilidade masculina", dizem os autores.

Estes componentes químicos podem entrar no corpo ao serem absorvidos pelos intestinos através da comida e da água.

65
1