www.dinheirovivo.ptdinheirovivo.pt - 10 nov 18:38

Vai investir nas obrigações do Sporting? Isto é o que tem de saber

Vai investir nas obrigações do Sporting? Isto é o que tem de saber

A SAD do Sporting vai pagar 5,25% para se financiar em 30 milhões de euros, através da emissão de obrigações para investidores no retalho.

A SAD do Sporting anunciou na sexta-feira o lançamento de uma emissão de obrigações para investidores no retalho, no valor de 30 milhões de euros, com uma taxa de juro bruta de 5,25% e maturidade em novembro de 2021.

A emissão visa financiar o reembolso de uma outra emissão de obrigações, cuja data de vencimento inicial era maio deste ano e foi adiada para 26 de novembro.

A SAD leonina vai pagar mais do que as rivais do Futebol Clube do Porto e do Sport Lisboa e Benfica, nas respetivas ofertas de obrigações que realizaram em meados deste ano.

Segundo o prospeto da emissão publicado, que foi aprovado pela Comissão do Mercado de Valores Mobiliários, a subscrição das obrigações da Sporting SAD arranca no dia 12 de novembro e encerra no dia 22 de novembro.

Antes de subscrever as obrigações, o investidor deve pedir ao seu intermediário financeiro uma simulação dos custos do investimento, já que “para pequenos montantes investidos esse investimento pode nem sequer ser rentável”, alerta o prospeto.

Estes são os dados principais da oferta:

  1. 1. O montante inicial máximo da emissão é 30 milhões de euros, correspondente a seis milhões de obrigações, com o valor nominal de cinco euros cada. Mas pode ser aumentado para até 60 milhões de euros, até ao dia 16 de novembro. A emissão não será realizada se as obrigações subscritas não atingirem os 15 milhões de euros.

2. O período de subscrição vai de 12 de novembro a 22 de novembro. Os resultados da oferta serão apurados no dia 23 e a liquidação da emissão ocorre no dia 26.

  1. 3. A taxa de juro bruta é de 5,25% e a taxa de juro efetiva é de 3,81%. O pagamento dos juros é semestral. As obrigações vencem a 26 de novembro de 2021.

4. As ordens de subscrição mínimas são de 100 euros, correspondentes a 20 obrigações. A partir desse valor, as ordens devem ser expressas em múltiplos de cinco euros

5. A oferta da SAD leonina paga mais juros do que a emissão de 35 milhões de euros da SAD do FCP, em junho, cuja taxa de juro bruta é de 4,75%. Também é mais rentável do que os 4% brutos pagos pela SAD do Benfica na sua emissão de 45 milhões de euros, de julho.

6. As obrigações da oferta “não beneficiam de garantias especiais, nem de qualquer preferência no pagamento” mas a Sporting SAD “empenhará toda a sua boa-fé no respetivo cumprimento”.

7. São 32 os riscos mencionados no prospecto. Entre os riscos, estão os capitais próprios negativos da SAD e dois processos crime: a invasão da Academia Sporting em Alcochete por um grupo de indivíduos que chegaram a agredir jogadores e funcionários da SAD; e a investigação criminal, por suspeitas de corrupção, denominada Operação Cashball.

8. A SAD do Sporting tinha, no final de setembro, uma dívida total de 112,2 milhões de euros. Os capitais próprios da sociedade têm vindo a ser negativos ou positivos com um valor próximo de zero.

9. O Montepio Investimento é o coordenador global da emissão, que não tem tomada firme nem garantia de colocação por parte do sindicato bancário da operação.

10. O Montepio Investimento e os bancos que integram o sindicato bancário irão receber um valor estimado de 1,092 milhões de euros em comissões.

7
1