desporto.sapo.ptdesporto.sapo.pt - 10 nov 11:59

Cabo Verde: Primeira-dama vai ser a madrinha da selecção de futebol feminino

Cabo Verde: Primeira-dama vai ser a madrinha da selecção de futebol feminino

Cabo Verde realiza, no dia 16, o seu primeiro jogo com a congénere de Guiné-Bissau.

A primeira-dama de Cabo Verde, Lígia Fonseca, vai ser a madrinha da selecção feminina de futebol, que vai realizar, no dia 16, o seu primeiro jogo com a congénere de Guiné-Bissau.

A informação foi avançada à Inforpress pela coordenadora do futebol feminino da Federação Cabo-verdiana de Futebol (FCF), Tatiana Carvalho, que acompanhou o presidente, Mário Semedo, numa audiência com a primeira-dama, que aconteceu hoje no Palácio da Presidência,

Tatiana Carvalho avançou que o encontro também serviu para dar a conhecer à Lígia Fonseca os pormenores de preparação do jogo e fazer “uma troca de ideias” sobre esse “momento histórico” que está a viver o futebol cabo-verdiano.

“Ela foi muito receptiva e nos ajudou muito em termos de preparativos e aspectos que podemos acrescentar para melhorar este momento que está a viver o futebol cabo-verdiano”, revelou Tatiana Carvalho

Em relação aos preparativos, adiantou que as jogadoras seleccionadas das outras ilhas começam a chegar à Cidade da Praia neste sábado, sendo que a concentração vai ser no Centro de Estágio da FCF, para no domingo iniciarem os treinamentos, sob o comando da treinadora Silvéria “Nita” Nédio.

No que concerne ao local do jogo, Tatiana Carvalho esclareceu que há ainda uma “indefinição”, estando a FCF à espera da cedência do Estádio da Várzea por parte da Associação Regional de Futebol de Santiago Sul.

“O Estádio da Várzea é a primeira opção, se não for será no Estádio Nacional”, disse a responsável do futebol feminino cabo-verdiano, informando que a entrada para esta partida vai ser gratuita.

Na conferência de imprensa para anunciar a lista das convocadas, realizada na passada terça-feira, 07, a treinadora Silvéria Nédio pediu aos cabo-verdianos que abracem o futebol feminino, assim como fazem com os “Tubarões Azuis” (masculino) e que as mulheres apareçam em massa no estádio para testemunhar aquele que será o primeiro jogo da selecção feminina de futebol.

Segundo Nita Nédio, a equipa técnica pretende que o jogo aconteça no Estádio da Várzea para que tenha maior massa humana, mas ainda não há confirmação oficial.

Convocadas

Guarda-redes: Dirvania Araújo – Mindelense (São Vicente), Jacinta Rodrigues – FC Llana (Sal).
Defesas: Edy Mara dos Santos – Mindelense (São Vicente), Varsénia da Luz – Mindelense (São Vicente), Lariza Rocha – FC Llana (Sal), Eleonara dos Santos – Atletas de Cristo (Santiago), Danilea Levy – Dorense FC (Sal), Joseane Fernandes – Seven Stars (Santiago).

Médias: Maria Cabral – Seven Stars (Santiago), Simónica Duarte – Black Panthers (Santiago), Jocilene Martins – FC Llana (Sal), Lúcia Moniz – Seven Stars (Santiago), Caroly Tomar – FC Llana (Sal).

Avançadas: Lais Spencer – FC Llana (Sal), Silvana Santos – FC Llana (Sal), Ronise Monteiro – Atletas de Cristo (Santiago), Ivania Moreira – Seven Stars (Santiago), Wendy Cristy Fonseca – Mindelense (São Vicente), Loide Miranda – Madeirense (São Vicente), Irlanda Lopes – Águias Vermelhas (Fogo), Elisiane Semedo – ADEC (Santiago), Yarine da Graça Neves – Madeirense (São Vicente).

2
1