www.publico.ptpublico.pt - 10 nov 19:09

Protecção Civil já registou 177 ocorrências por causa do mau tempo. Porto é o distrito mais afectado

Protecção Civil já registou 177 ocorrências por causa do mau tempo. Porto é o distrito mais afectado

Queda de árvores, limpeza de vias e inundações foram os principais incidentes que levaram à actuação da Protecção Civil.

Entre as 0h e as 18h40 deste sábado, a Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC) registou 177 ocorrências relacionadas com o mau tempo. Segundo dados disponíveis no site da ANPC, o Porto, onde se registaram 25% dos incidentes (46), é o distrito mais afectado. 

Ao Porto, seguem-se Coimbra e Viseu, com 21 ocorrências cada. Os concelhos mais afectados são Vila Nova de Gaia (9), Paredes (7), Porto (6), Matosinhos (5) e Viseu (5). 

A maioria das ocorrências está relacionada com queda de árvores (78), limpeza de vias (39) e inundações (18). Em Ourém, no distrito de Santarém, a queda de uma árvore já fez uma vítima mortal

As ocorrências mobilizaram, até ao momento, 223 meios terrestres e 543 operacionais. 

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) emitiu, este sábado, um aviso amarelo, o terceiro menos grave numa escala de cinco, para todos distritos de Portugal continental devido à previsão de chuva forte e agitação marítima no domingo. Em quatro — Évora, Portalegre, Santarém e Setúbal —, o alerta agrava para laranja durante o dia.

Também, a ANPC emitiu na sexta-feira um aviso à população devido às condições meteorológicas no Norte e Centro do país.

22
1