www.dinheirovivo.ptRosália Amorim - 16 set 01:01

O novo paradigma da mobilidade é um caminho sem retorno

O novo paradigma da mobilidade é um caminho sem retorno

"O tema da mobilidade é demasiado importante para ficar fechado numa só marca, numa só cidade ou num só partido."

Melhorar a mobilidade das cidades é essencial para a economia e para todos nós. A otimização dos recursos e a descarbonização vai precisar de uma ação rápida ao nível da mobilidade elétrica e, num curto espaço de tempo, da mobilidade autónoma. São precisos avanços rápidos na melhoria da autonomia e da conectividade. E a tecnologia está a fazer o seu caminho. Disso não há dúvidas!

Todos estes temas mereceram discussão no Lisbon Mobi Summit, uma iniciativa do Global Media Group, que nasceu no seio do Dinheiro Vivo e foi abraçada por outras marcas como o DN, JN, TSF e Motor 24. O tema da mobilidade é demasiado importante para ficar fechado numa só marca, numa só cidade ou num só partido.

Em causa estão todos os setores de atividade, a sociedade e a sustentabilidade do planeta. Nada fazermos, enquanto cidadãos mas também enquanto marca de informação económica, seria demitirmo-nos das nossas funções. Neste mundo dos media, em que a espuma dos dias reina nas manchetes e noticiários, é preciso sair da agenda habitual e ousar pensar mais longe, mais à frente, acompanhar e debater as grandes tendências mundiais.

Acredito que a mobilidade e o trilho que está a ser percorrido é um caminho sem retorno. Voltar para trás seria comprometer (ainda mais) as gerações futuras (já basta a dívida pública e a dívida privada portuguesa!).

O elefante que permanece na sala é como financiar tudo isto e como e quando começar a obter o retorno. As alterações e as inovações que são necessárias para evoluir para um paradigma mais verde e mais eficiente, são exigentes. E vai chegar a hora em que alguém – publico e/ou privado – vai começar a perguntar pelo retorno.

Por isso, os modelos de negócio da mobilidade precisam da ajuda dos melhores gestores, das pequenas e das grandes empresas e do empenho dos governos e outros órgãos de soberania. A mobilidade é um tema de todos e para todos. Desengane-se quem ainda julga que este é um assunto só de geeks ou engenheiros.

1
1