www.publico.ptpublico.pt - 16 set 15:57

O Ronaldo goleador chegou a Itália

O Ronaldo goleador chegou a Itália

O avançado português marcou os seus dois primeiros golos pela Juventus na Série A italiana.

Vinte e sete remates em 320 minutos. Foi o que Cristiano Ronaldo precisou para marcar o seu primeiro golo com a camisola da Juventus e, 15 minutos depois, marcou o segundo. Foi uma tarde, como o próprio costuma dizer, de ketchup e a primeira vez que CR7 “bianconero” foi decisivo, já foram os seus dois golos que deram o triunfo à “Juve” por 2-1 sobre o Sassuolo e mantiveram o início perfeito da “vecchia signora” na Série A – quatro jogos, quatro vitórias, 12 pontos e liderança isolada.

Depois de passar em branco os jogos com Chievo, Lazio e Parma, Ronaldo ainda precisou de mais 50 minutos para encontrar o caminho da baliza. Não foi de uma maneira muito espectacular, mas deu para quebrar o bloqueio. Após um mau alívio de Ferrati, que levou a bola a bater no poste da sua baliza, Ronaldo estava no sítio certo para inaugurar o marcador e a sua carreira goleadora na Série A.

Depois, só precisou de mais 15 minutos para fazer o segundo, este sim, mais fiel à sua identidade futebolística. Foi num contra-ataque que começou em Douglas Costa, passou por Emre Can e acabou com um remate cruzado de Ronaldo com o pé esquerdo que não deu qualquer hipótese ao guardião do Sassuolo. Os festejos de ambos os golos foram como fazia no Real Madrid, salto no ar e aterragem em pose de matador. Sassuolo ainda conseguiu reduzir no tempo de compensação, por Babacar, mas já não foi a tempo de estragar o "ketchup" de Ronaldo. Nem isso, nem a expulsão de Douglas Costa por ter cuspido em cima de um adversário.

A poucos dias de se estrear pela Juve na Liga dos Campeões (no Riazor, frente ao Valência), Ronaldo voltou a cumprir os 90 minutos (tal como João Cancelo), sendo que o capitão da selecção portuguesa é um de apenas três (os outros são o central Bonucci e o guarda-redes Szczesny) que jogou todos os minutos de todos os jogos. Esta estreia goleadora pela sua quarta equipa como profissional surge, então, ao quarto jogo. Se, pelo Real Madrid, marcou logo na sua estreia, no Sporting precisou de cinco jogos para chegar ao primeiro golo, enquanto pelo Manchester United, o primeiro só surgiu à décima partida.

Com os golos que marcou neste domingo, Ronaldo chegou também a um número redondo, os 400 golos em campeonatos. A maior fatia deste número foi alcançada, naturalmente, no Real Madrid (311), mais 84 no Manchester United e três no Sporting. O avançado português já não marcava desde 19 de Maio, quando marcou um golo no empate do Real Madrid (2-2) frente ao Villarreal – foi o seu penúltimo jogo pelos “blancos”, sendo que ficou a zeros no último, a final da Liga dos Campeões frente ao Liverpool.

1
1