pplware.sapo.ptpplware.sapo.pt - 14 set 12:20

Tem carro elétrico? Vai ter de começar a pagar a partir de 1 de novembro

Tem carro elétrico? Vai ter de começar a pagar a partir de 1 de novembro

A rede MOBI.E é uma rede composta por postos de carregamento para veículos elétricos maioritariamente situados em espaços de acesso público. Estes postos permitem o carregamento das baterias dos veículos elétricos, que podem ser de carregamento normal ou carregamento rápido.

Não é novidade nenhuma que, em Portugal, quem possui um carro elétrico mais cedo ou mais tarde iria ter de pagar os carregamentos… isto nos postos de carregamento públicos geridos pela MOBI.E.

Depois de sucessivos adiamentos, o secretário de Estado do Ambiente, José Gomes Mendes, anunciou hoje, na Lisbon Mobi Summit que se realiza em Lisboa, que os pagamentos na rede pública Mobi.E vão começar a ser pagos já a partir do próximo dia 1 de novembro.

O assunto relativo aos pagamentos de carros elétricos não é novo! As tarifas eram para ser aplicadas em julho do ano passado, só que, os sucessivos adiamentos levaram a definir a primeira metade deste ano como o início das cobranças dos carregamentos rápidos dos veículos eléctricos. No entanto, só a partir do próximo dia  1 de novembro é que vão começar a ser cobrados os carregamentos realizados.

rede MOBI.E é uma rede composta por postos de carregamento para veículos elétricos maioritariamente situados em espaços de acesso público. Estes postos permitem o carregamento das baterias dos veículos elétricos, que podem ser de carregamento normal ou carregamento rápido. Atualmente, existem mais de 400 postos de carregamento da rede MOBI.E.

Até ao final deste ano o Governo tem intenções de instalar mais 100 postos de carregamento. Até março de 2019 espera-se que a rede tenha mais 202 postos.

Até essa data, os encargos continuam a ser suportados pelas empresas que atualmente dão suporte a esses pontos de carregamento. Relativamente aos valores a pagar, o secretário de Estado do Ambiente referiu que estes serão apenas serão conhecidos perto da data de início dos pagamentos.

De referir que em junho surgiram noticias que o Governo estava a estudar  a aplicação de uma taxa mensal de 2,85€ (Contribuição para o Audiovisual (CAV), também já conhecida como “taxa RTP”). Esta semana ficou também a saber-se que a partir de 2040 será proibida a venda de veículos poluentes novos – saber mais aqui.

Leia também…

Portugal: EDP vai criar nova rede de carregamentos elétricos

1
1