sol.sapo.ptsol.sapo.pt - 12 ago 14:47

A enigmática minicrise de Serena em San Jose

A enigmática minicrise de Serena em San Jose

Serena Williams, a campeã de 23 torneios de singulares do Grand Slam não esteve em campo. Foi uma sósia que jogou no Silicon Valley Classic

Serena Williams foi eliminada na semana passada na primeira ronda do torneio de San Jose, na Califórnia. Foi o seu primeiro encontro desde a derrota na final de Wimbledon.

Johanna Konta já não é a jogadora que no ano passado chegou ao top-10. A britânica está a aprender a digerir as elevadas expectativas que criou em 2017. Aliás, ‘Jo’ perdeu logo a seguir.

Mas o seu jogo agressivo persiste, mesmo se mais errático, e é o ideal para contrariar a campeoníssima Williams, com peso a mais e dificuldades no jogo defensivo.

Nos ‘hardcourts’ a capacidade defensiva é ainda mais importante do que nos campos de relva de Wimbledon e Serena irá sentir mais dificuldades neste piso antes do US Open em finais de agosto.

O que me surpreendeu foram os parciais de 6-1 e 6-0 em apenas 53 minutos. A pior derrota da sua carreira em jogos ganhos num único encontro.

A campeã de 23 torneios de singulares do Grand Slam não esteve em campo. Foi uma sósia que jogou no Silicon Valley Classic.

Na sua conferência de imprensa, a norte-americana de quase 37 anos foi enigmática. «Não sei. Tenho tantas coisas a passarem-me pela cabeça que nem tenho tempo para chocar-me com uma derrota em que não estive claramente ao meu melhor nível», limitou-se a dizer.

Alguns media especularam que a sua ausência mental do campo poderia estar relacionada com a liberdade condicional por bom comportamento concedida a Robert Maxfield, condenado em 2006 pelo assassinato da sua irmã, Yetunde Price, durante um tiroteio de gangues, três anos antes, em Compton, o gueto de Los Angeles no qual as irmãs Venus e Serena Williams cresceram e treinaram, guardadas por milícias armadas!

Outros media publicaram que a minicrise competitiva em San Jose poderá estar relacionada com a sensação de que a preparação para o último Major da temporada, o US Open, poderá estar a forçá-la a negligenciar algum do tempo que desejava dedicar à sua filha de quase um ano.

Serena, por seu lado, nas redes sociais, não esclareceu muito mais, mas sempre escreveu: «Li vários artigos segundo os quais as emoções pós-parto podem prolongar-se por três anos se não forem bem geridas. Depois de conversar com a minha mãe, as minhas irmãs e as minhas amigas, percebi que os meus sentimentos são perfeitamente normais».

Serena Williams irá tentar, no US Open, igualar o recorde mundial de Margaret Court de 24 Majors de singulares, mas a sua principal rival não será qualquer jogadora, mas essa difícil gestão entre ter sido mãe recentemente e as exigências de uma atleta de alta competição de elite.

1
1