www.jornaldenegocios.ptRaquel Godinho - 12 ago 20:00

Alguém falou num Agosto calmo nos mercados?

Alguém falou num Agosto calmo nos mercados?

Se era este ano que se esperava um Agosto calmo, isso pode não ser bem assim. A lista dos temas que podem estragar os planos dos investidores é longa.

Agosto é o mês de férias de muitos investidores. E isso significa o afastamento de muitos dos participantes do mercado. Mas, como lembrava a Bloomberg na semana passada, Agosto tem um histórico preocupante para os investidores sobretudo quando se vive um período de subida das acções. Foi o que aconteceu nos últimos anos, por exemplo, com o referendo que determinou o Brexit ou a crise na China. E, se era este ano que esperava um Agosto calmo, isso pode não ser bem assim. A lista dos temas que podem estragar os planos dos investidores é longa. Desde logo, a tensão geopolítica entre os Estados Unidos e a Turquia que, na sexta-feira, pintou os mercados de vermelho. E depois há outros dossiês que já se arrastam há algumas semanas ou meses: as negociações em torno do Brexit, as tensões comerciais entre os Estados Unidos e a China ou as novas sanções americanas à Rússia. Temas que podem ser uma ameaça ao desempenho dos mercados, sobretudo num período de liquidez abaixo da média. "Esta confluência de acontecimentos chega num mês que tem historicamente provado ser um dos mais perigosos desde 1970", disse Simon Derrick, especialista cambial do Bank of New York Mellon, citado pela Bloomberg.

Jornalista

1
1