www.publico.ptpublico.pt - 12 ago 23:23

"Os campeões afirmam-se nas dificuldades": as reacções ao Ouro de Nelson Évora

"Os campeões afirmam-se nas dificuldades": as reacções ao Ouro de Nelson Évora

Marcelo Rebelo de Sousa, António Costa e Tiago Brandão Rodrigues, ministro da Educação com a pasta do Desporto, já felicitaram o atleta português pela vitória.

Nelson Évora alcançou — pela primeira vez na longa carreira de triplista — o Ouro na prova de triplo salto dos campeonatos europeus de Atletismo, em Berlim, com a marca de 17,10 metros na final. O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, já lhe deu os parabéns, salientando o "feito heróico" alcançado pelo atleta. Já António Costa felicitou-o pelo "esforço" e pela "conquista". 

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, felicitou o atleta português Nelson Évora pela conquista do título de campeão europeu de triplo salto, considerando-o “um feito heróico que prestigia um fantástico atleta e prestigia Portugal”.

“O Presidente Marcelo Rebelo de Sousa saúda calorosamente Nelson Évora, novo Campeão Europeu de triplo salto, um feito heróico que prestigia um fantástico atleta e prestigia Portugal”, lê-se numa mensagem divulgada neste domingo na página da Presidência da República.

O primeiro-ministro, António Costa, também deu os parabéns a Nelson Évora pela conquista do título europeu de triplo salto e saudou os finalistas na prova de estafeta masculina, em mensagens publicadas na sua conta oficial no Twitter.

“Parabéns Nelson Évora! Os campeões afirmam-se nas dificuldades. Grande salto, em Berlim. Mais uma vez, o Ouro tem as cores nacionais. Parabéns pelo esforço e pela conquista. Uma palavra de saudação extensível a todos os atletas e equipas técnicas nacionais que, marcando presença nesta prova, honram o nome de Portugal”, escreveu António Costa dirigindo-se ao novo campeão europeu do triplo salto.

António Costa saudou ainda o quarteto português que disputou a final de 4x100 metros, nos campeonatos de Berlim, tendo a equipa nacional de estafeta terminado a prova no sétimo lugar, mas melhorando o tempo face ao resultado da meia-final.

“Uma palavra de saudação para os finalistas José Pedro Lopes, Diogo Antunes, Frederico Curvelo e Carlos Nascimento. Portugal qualificou-se este domingo para a final dos 4x100 metros dos Campeonatos Europeus de atletismo, em Berlim. Parabéns!”, escreveu Costa.

O ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, enfatizou o orgulho pela vitória do português Nelson Évora no triplo salto dos Europeus de Berlim, sublinhando a capacidade competitiva do atleta de 34 anos.

"O Nelson Évora leva o nome de Portugal uma vez mais ao lugar mais alto do pódio numa competição internacional. Consegue conquistar mais um título de campeão da Europa e acrescenta pelo menos 17,10 metros ao enorme orgulho a que Portugal está já habituado a sentir com as suas provas", afirmou.

Em declarações à Lusa, o governante, que tem a pasta do Desporto, vincou a "grande qualidade, tacticismo e combatividade" do triplista luso, que este domingo juntou, finalmente, o título europeu às conquistas em Mundiais (2007) e Jogos Olímpicos (2008).

"Com uma grande emoção demonstra-nos cada vez mais a força que tem, a competitividade que tem e dá-nos uma alegria enorme a todos", acrescentou.
Nelson Évora subiu ao lugar mais alto do pódio, com a marca de 17,10 metros, ladeado por Alexis Copello, do Azerbaijão, que conquistou medalha de prata (16,93), e pelo grego Dimitrios Tsiámis, que arrecadou o bronze (16,78).

Esta foi a segunda medalha de ouro para Portugal na competição, após o triunfo de Inês Henriques nos 50 km marcha, o que levou Tiago Brandão Rodrigues a fazer um balanço "francamente positivo" da prestação portuguesa e a felicitar a Federação de Atletismo.

1
1