observador.ptobservador.pt - 12 ago 14:17

Pelo menos 12 extremistas islâmicos mortos pelas forças de segurança no Egito

Pelo menos 12 extremistas islâmicos mortos pelas forças de segurança no Egito

Pelo menos 12 extremistas islâmicos foram mortos pelas forças de segurança nacionais num tiroteio na península do Sinai, no Egito, noticiou este domingo a agência oficial do Egito.

Pelo menos 12 extremistas islâmicos foram mortos pelas forças de segurança nacionais num tiroteio na península do Sinai, no Egito, noticiou hoje a agência oficial do Egito.

Segundo a Middle East News Agency (MENA), os confrontos começaram quando aquelas forças descobriram um alegado esconderijo dos radicais na cidade de al-Arish.

A agência acrescenta que as tropas desmantelaram dois explosivos e apreenderam armas durante o ataque.

Contudo, a MENA não especifica se algum dos membros destas tropas foi morto ou ferido, até porque o local onde ocorreram os confrontos é muito restrito no acesso para a imprensa.

O Egito intensificou, em fevereiro, a operação de combate ao extremismo islâmico na cidade do Sinai e noutras partes do país.

1
1