eco.pteco.pt - 12 ago 15:00

7 números sobre o milionário negócio do futebol em Portugal

7 números sobre o milionário negócio do futebol em Portugal

Quanto paga a Nos para dar o nome à liga que começa esta sexta-feira? E quanto ganha o campeão nacional? E o árbitros? Tudo sobre o milionário negócio do futebol em Portugal.

No futebol, o número 7 está geralmente associado aos melhores artistas em campo. E são sete os números que o ECO reuniu para perceber o que é o milionário negócio do futebol em Portugal. Por exemplo, sabe quanto paga a Nos para dar o nome à liga que começa esta sexta-feira com o encontro entre o Benfica e o Vitória de Guimarães? E quanto vale a conquista do campeonato?

Naming rights custam 4,8 milhões à Nos

A operadora tem forte presença no futebol. Recentemente, batalhou com a Meo pelo controlo dos direitos televisivos, arrecadando os contratos de televisão dos jogos do Benfica e do Sporting, por exemplo. Mas a telecom liderada por Miguel Almeida também batiza a liga que se iniciou esta sexta-feira. O contrato de naming rights é válido até 2020. Ou seja, nas próximas duas épocas vamos continuar a ter a Liga Nos.

Esta época, o contrato comercial com a Nos vai render 4,8 milhões à Liga Portugal. Isto representa 38% do total das receitas da entidade que organiza os principais campeonatos de clubes.

Televisão rende 122 milhões

Uma boa parte das receitas dos clubes tem origem na venda dos direitos de transmissão televisiva dos jogos. Em Portugal, o Benfica e o Sporting alienaram estes direitos à Nos, enquanto o FC Porto negociou o contrato com a Altice, dona da Meo, em negócios multimilionários.

De acordo com os dados mais recentes da UEFA, os clubes portugueses arrecadaram 122 milhões de euros em receitas televisivas em 2016, o que dá uma média de 6,8 milhões de euros por emblema. Este valor coloca a Liga portuguesa em sétimo lugar do ranking europeu, liderado pela Premier League. Em Inglaterra, as televisões renderam 2.271 milhões de euros aos clubes.

Quanto vale a TV?

Fonte: UEFA

3,65 milhões de adeptos nos estádios

Mais de 3,65 milhões de adeptos assistiram in loco aos jogos da Liga Nos na temporada passada, uma redução de 8% face ao ano passado. A Liga Portugal quer voltar a aumentar o número de entusiastas nos recintos portugueses, tendo como objetivo atingir a fasquia dos 3,7 milhões de adeptos esta época.

Para isso, vai realizar ações de projeção do campeonato português com a promoção de venda de bilhetes numa lógica de 360º, isto é, uma iniciativa dirigida a adeptos, famílias, patrocinadores, parceiros, comunidade e até turistas, com vista a aumentar o número de espectadores nos estádios da Liga Nos.

Na temporada passada, o Estádio da Luz foi quem recebeu mais gente para jogos do campeonato dos encarnados: 904,6 mil adeptos. Seguiram-se Sporting e FC Porto, com um total acumulado de 741,6 e 725,5 mil adeptos registados no Estádio de Alvalade e no Estádio do Dragão, respetivamente.

Campeão sem prémio financeiro

Qual o desejo de um adepto? Que a sua seja bem-sucedida desportivamente e que isso se traduza em títulos e troféus, nomeadamente o de campeão nacional.

Para os clubes, que vivem para os adeptos, o sucesso desportivo é geralmente sinónimo de dinheiro. Mas não é esse o caso no campeonato nacional. Ganhar a Liga Nos 2018/2019 não rende qualquer prémio financeiro ao clube. O cenário lá fora é bem diferente. Em Inglaterra, por exemplo, o Manchester City recebeu 166 milhões de euros com a conquista da Premier League na temporada passada, entre prize money, receitas televisivas ou outras variáveis.

Árbitros recebem três milhões

Embora os jogadores sejam o centro da bola, há mais intervenientes dentro de campo que também assumem um papel importante no desenrolar do jogo. São os árbitros de futebol que, em Portugal, ainda é uma profissão semi-profissional.

A Liga Portugal tem um orçamento de três milhões de euros para distribuir por árbitros e juízes de linha, de acordo com o plano de atividades para esta época. Há um Fundo VAR (para o Videoárbitro e outros imprevistos) no valor de 550 mil euros. Tudo para que o chamado “jogo bonito” seja também um “jogo justo”.

Sexta liga mais valiosa do Mundo

O futebol é um dos setores onde Portugal mais se destaca internacionalmente, um estatuto que saiu reforçado com a recente conquista do Campeonato da Europeu em 2016. Mas mesmo a Liga portuguesa, apesar de periférica, consegue atrair talento suficiente para manter-se como uma das mais valiosas de todo o mundo.

De acordo com o site especializado Transfermarkt, a Liga Nos é a sexta mais valiosa, apresentando um valor de mercado de 907,5 milhões de euros. Apenas as chamadas Big-5 League superam o campeonato português em termos de avaliação económica dos seus jogadores. A Premier League inglesa destaca-se com um valor de mercado de quase oito mil milhões de euros, seguindo-se a La Liga espanhola (4,96 mil milhões) e a Serie A (4,35 mil milhões).

As ligas mais valiosas

Fonte: Transfermarkt

Liga com saldo comercial de 125 milhões

Também é conhecida a capacidade dos clubes portugueses de formar e criar talento no futebol e depois de realizar mais-valias com esse trabalho. Ainda segundo o site Transfermarkt, a Liga Nos apresenta neste momento um saldo comercial com transferências de jogadores no valor de 125 milhões de euros, o segundo melhor na Europa, atrás da Ligue 1 de França.

No global, os 18 emblemas nacionais já efetuaram vendas de 190,44 milhões de euros. E já investiram 65,5 milhões de euros na aquisição de atletas.

1
1