www.publico.ptopiniao@publico.pt - 12 ago 12:28

O melhor jornalista

O melhor jornalista

V.S. Naipaul foi provavelmente o jornalista mais talentoso da língua inglesa. Os livros dele sobre a Índia e o Islão são obras-primas perenes de reportagem, incluindo tantas entrevistas como opiniões.

A morte de V S Naipaul também é triste por causa da má fama que ele tem como ser humano que pode levar pessoas a não querer ler os livros dele.

Tenho a certeza que V.S. Naipaul foi um dos grandes escritores da língua inglesa. Não se pode apreciar a prosa inglesa sem ter lido a maneira clara, inteligente, cómica e honesta como Naipaul escrevia.

Conseguiu a coisa impossível que queria: escrever inglês melhor do que o melhor dos ingleses.

Os romances de Naipaul são encantadores. Só um deles, The Enigma of  Arrival, é uma obra-prima. O conteúdo ficcional é pequeno mas a arte de Naipaul era o aproveitamento literário da observação, do vivido.

The Enigma of Arrival não é uma autobiografia mas é um romance autobiográfico, escrito para qualquer tempo, sem necessidade de qualquer conhecimento da história de Naipaul na Inglaterra.

Naipaul foi provavelmente o jornalista mais talentoso da língua inglesa. Os livros dele sobre a Índia e o Islão são obras-primas perenes de reportagem, incluindo tantas entrevistas como opiniões.

(Muito se deve ao sábio encorajamento de Robert Silvers, o director do New York Review of Books).

As conclusões a que Naipaul chegava são hoje politicamente incorrectas mas não chegou a elas do nada. Nascem de trabalhos profundos de jornalismo paciente e aberto. Os livros dele podem facilmente ser usados para chegar a conclusões diferentes.

A obra de Naipaul é de leitura imprescindível. Por uma vez o adjectivo justifica-se. Fica mais pobre quem não o ler. Basta começar.

1
1