tek.sapo.pttek.sapo.pt - 13 jul 17:45

Mercado empresarial dá “empurrão” na venda de computadores pessoais

Mercado empresarial dá “empurrão” na venda de computadores pessoais

Embora as consultoras Gartner e IDC registem diferentes valores, as duas empresas revelaram que as vendas de computadores pessoais aumentaram pela primeira vez em seis anos. O sector dos ...

Seis anos depois, as vendas de PCs mostram sinais de crescimento no segundo trimestre de 2018, mas ao passo que a IDC aponta para um aumento de 2,7%, a Gartner mostrou estatísticas mais modestas, com um crescimento de apenas 1,4%. Isto traduz-se em 62,3 milhões de unidades e 61,1 milhões, respetivamente.

A discrepância dos valores prende-se com as diferentes metodologias das empresas, visto que a Gartner considera os tablets com Windows 10 como PCs, mas desconsidera os Chromebooks, enquanto que a IDC faz o contrário.

A renovação dos equipamentos e a migração para o Windows 10 no mercado empresarial é apontado como o factor principal para o fim da queda nas vendas que se vinha a registar desde 2012. No entanto, as empresas prevêem que no prazo de dois anos as vendas voltarão a cair.

As consultoras também divergem sobre quem é a tecnológica líder de mercado, com a IDC a apontar a HP (23,9%), Lenovo (22,1%) e Dell (18,1%) para o Top 3 enquanto que para a Gartner esses lugares são ocupados pela Lenovo e HP, ambas com 21,9%, e pela Dell (16,8%). A Gartner encerra a listagem com a Apple (7,1%) e com a Acer (6,4%), as mesmas empresas apontadas pela IDC, mas com quotas de mercado diferentes (6,9% e 6,7%).

Em ambos os relatórios, a HP, Lenovo, Dell, Apple e Acer tiveram um aumento nas vendas, enquanto que as concorrentes perderam gás.

1
1