expresso.sapo.ptexpresso.sapo.pt - 13 jul 16:25

Trump: “Caça às bruxas” a Putin prejudica relações com a Rússia

Trump: “Caça às bruxas” a Putin prejudica relações com a Rússia

Presidente americano lamenta ataques ao seu homólogo russo e considera que os EUA teriam oportunidade de ter uma “relação muito boa” com a Rússia

O Presidente norte-americano, Donald Trump, afirmou esta sexta-feira que os ataques ao Presidente russo, Vladimir Putin, são uma "caça às bruxas" e estão a prejudicar as relações com a Rússia.

"Eu acho que isso prejudica a sério o nosso país, e prejudica a sério a nossa relação com a Rússia. Eu acho que nós teríamos uma oportunidade de ter uma relação muito boa com a Rússia e uma relação muito boa com o Presidente Putin", afirmou aos jornalistas.

Trump respondia aos jornalistas durante uma conferência de imprensa conjunta com a primeira-ministra britânica, Theresa May, que o recebeu numa visita ao Reino Unido.

O Presidente norte-americano tem um encontro marcado com Putin na próxima semana em Helsínquia, na Finlândia, onde promete abordar questões como a situação na Síria, na Ucrânia e no Médio Oriente.

"Não vou com grandes expectativas, mas talvez consigamos alcançar grandes coisas", confiou Trump.

O chefe de Estado criticou mais uma vez a Alemanha, lamentando não só a dependência alemã do gás vendido pela Rússia, mas também a expulsão alemã de menos espiões russos do que outros países durante a resposta coordenada ao ataque com o agente neurotóxico em março no Reino Unido.

Atacou também o predecessor, Barack Obama, pela gestão do conflito entre a Rússia e a Ucrânia que resultou na anexação da Crimeia em 2014.

"Eu acho que se eu fosse Presidente, ele não teria anexado a Crimeia", afirmou, referindo como exemplo a forma como lidou com o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, que renunciou ao programa nuclear após um encontro com Trump.

Sobre a reunião da próxima semana, o Presidente dos EUA disse: "Veremos o que acontece. É um processo que provavelmente é um processo mais longo do que qualquer um gostaria, mas eu estou acostumado a processos longos".

1
1