observador.ptobservador.pt - 13 jul 15:55

Sindicato da Função Pública acusado de intimidação e assédio moral

Sindicato da Função Pública acusado de intimidação e assédio moral

O Sindicato da Função Pública do Norte é acusado de intimidação e assédio moral sobre duas trabalhadores. Uma delas enfrenta um processo disciplinar para despedimento.

O Sindicato da Função Pública do Norte é acusado por funcionários, ex-funcionários e associados de exercer assédio moral e intimidação sobre duas trabalhadoras, avança a RTP.

No excerto da reportagem, já disponível no site deste canal de televisão, fica-se a conhecer um pouco a situação de Fátima Gomes, que se agravou consideravelmente entre abril e maio deste ano, devido a faltas de presença que o sindicato garante estarem “injustificadas”. A funcionária alegadamente visada enfrenta agora um processo disciplinar para despedimento. Fátima Gomes é ainda acusada de agredir os seus superiores.

A funcionária chegou a gravar alguns momentos de tensão no local de trabalho e, no relato que faz, descreve como chegou a ser chamada de burra e como lhe foi dito “que não valia nada”. Na investigação do Sexta às 9, o sindicato afeto à CGTP nega tudo em absoluto.

Onde o Estado falha

Conhece algum caso em que o Estado está a falhar? O seu hospital não funciona? Chove na escola onde o seu filho anda? A esquadra tem más condições? Preencha o formulário para os jornalistas do Observador investigarem.

1
1