www.dinheirovivo.ptdinheirovivo.pt - 15 jun 00:26

Sonae a CTT investem até 15 milhões em plataforma de comércio eletrónico

Sonae a CTT investem até 15 milhões em plataforma de comércio eletrónico

Sonae e CTT anunciaram hoje a criação de uma plataforma de comércio eletrónico, na qual investirão entre 10 a 15 milhões de euros, em partes iguais.

Sonae e CTT vão investir entre 10 a 15 milhões de euros na criação de uma plataforma conjunta de comércio eletrónico, comunicaram hoje as empresas ao mercado. O montante de investimento será feito nos dois primeiros anos da operação e será repartido em partes iguais pelas empresas lideradas por Paulo Azevedo e Francisco Lacerda.

A sociedade a criar pelas empresas “pretende beneficiar da dimensão e do potencial de crescimento generalizado do comércio eletrónico”.

Os CTT justificam esta parceria como estando integrada “na estratégia de transformação operacional definida pela Empresa, com forte aposta na diversificação do negócio e desenvolvimento da alavanca de crescimento de Expresso & Encomendas”.

Os Correios têm em curso até 2020 um plano de reorganização que passou, entre outras medidas, pela saída de trabalhadores, fecho de lojas, para contrabalançar a quebra de tráfego de correio e resultante perda de receitas naquela que é ainda a sua principal área core. O comércio eletrónico tem sido visto como uma linha de crescimento para a companhia, já que impulsiona o segmento de correio expresso e encomendas. O ano passado os CTT transportaram 33,2 milhões de correio expresso e encomendas, dos quais 17,7 milhões em Portugal e 15,5 milhões em Espanha.

“Os dois grupos possuem competências complementares que irão aproveitar na criação de um marketplace que preste serviços integrados de intermediação de relações comerciais entre comerciantes e consumidores”, destaca, por seu turno, a Sonae.

“A criação deste “Marketplace” constitui uma forte aposta no desenvolvimento do comércio eletrónico, com foco nas PMEs e marcas portuguesas, através de um posicionamento assente em proximidade, numa experiência de compra simples, segura e conveniente e com uma oferta abrangente de produtos e serviços disponibilizados online por cada vez mais empresas”, diz ainda o grupo de Paulo Azevedo em nota enviada às redações.

O grupo justifica a iniciativa como “mais um passo na aposta da Sonae na área do comércio eletrónico e enquadra-se nos pilares estratégicos do grupo, nomeadamente: reforçar e aproveitar os ativos e competências chave e diversificar modelos de negócio e estilos de investimento.”

Continente e Worten são duas das unidades de negócio da Sonae, ambas com atividade de ecommerce.

Anúncio da parceria surge num momento em que no mercado é referido uma possível entrada da Amazon em Portugal. O gigante do comércio eletrónico opera em Espanha e tem fechado parcerias para entregas de retalho alimentar com cadeias de distribuição nesse mercado, como é o caso de O Dia.

A concretização desta transação está sujeita a aprovação pelas autoridades da concorrência competentes, informam ainda as empresas.

1
1