www.dinheirovivo.ptdinheirovivo.pt - 14 jun 17:46

Pipedrive levanta 50 milhões para desafiar Salesforce e Microsoft

Pipedrive levanta 50 milhões para desafiar Salesforce e Microsoft

Especialista em CRM concluiu uma série C de financiamento que vai ser utilizada para aquisições e Investigação & Desenvolvimento

O ADN estónio é provavelmente uma mais-valia, visto que se trata do país mais digital do mundo, mas a Pipedrive tem ambições mundiais para a sua oferta de software-como-serviço (SaaS) no segmento de CRM. A empresa, que tem em Lisboa um dos seus principais escritórios, acaba de concluir uma ronda de financiamento série C no valor de 50 milhões de dólares liderada pela Venture Partners. Os outros investidores são a Bessemer Venture Partners, Rembrandt Venture Partners e Atomico, que já tinham participado em rondas anteriores.

São potencialmente boas notícias para Portugal, onde a empresa decidiu investir mais forte no ano passado com a abertura de uma sede no Atrium Saldanha e a contratação de dezenas de pessoas, estando inclusive um dos fundadores, Martin Henk, a viver em Lisboa. No início de 2018, a Pipedrive anunciou a intenção de duplicar os quadros da estrutura portuguesa e chegar aos 100 funcionários até final do ano.

Esta série C permitirá à empresa lançar-se numa ambiciosa expansão mundial, que lhe dará maior capacidade para competir com as gigantes do mercado de CRM em formato SaaS, Salesforce e Microsoft Dynamics 365. Oracle e SAP são os outros colossos da indústria de software para relacionamento com clientes, embora os formatos de licenciamento e operação mais tradicionais estejam a perder terreno para as concorrentes que entram com ofertas puramente SaaS.

Trata-se de um mercado gigantesco, que deverá atingir 40 mil milhões de dólares em 2018 e em que a tendência é claramente direcionada para serviços cloud e acesso a CRM móvel. A integração de tecnologias de inteligência artificial e analítica avançada também deverá ser um dos principais movimentos da indústria nos próximos anos.

“Esta infusão significativa de capital, incluindo uma parceria com a Insight e mais investimento da Bessemer, é um enorme marco para a história da Pipedrive”, congratula-se o CEO Timo Rein. No total, a empresa já conseguiu levantar 80 milhões de dólares, o que é notável para uma relativa neófita neste campo. O financiamento será usado para aumentar as capacidades de Investigação & Desenvolvimento, explorar a aquisição de empresas mais pequenas e acelerar a expansão global. Além de Tallinn, Lisboa e Londres, a Pipedrive também abriu uma sede americana em Nova Iorque e pretende continuar a entrar em novos mercados diretamente.

Será um passo essencial para aumentar a base de clientes, que neste momento se cifra em 75 mil em 170 países. A liderança da empresa sublinha que os seus clientes são “fiéis e apaixonados” pelas suas soluções, algo que pode ser atribuído à génese do produto. Os fundadores eram eles próprios responsáveis de vendas e criaram uma solução para endereçar lacunas que identificaram no software existente – por exemplo, em termos de personalização e visibilidade.

Entretanto, conseguiram integrar a plataforma em ferramentas de negócio muito populares entre empresas, tais como Google Apps e MailChimp.

“Ao capitalizar na experiência dos nossos investidores e no seu espírito de construção de companhias tecnológicas disruptivas e globais, a nossa capacidade de investir em novas funcionalidades, conquistas novos mercados e ajudar milhares de equipas a venderem com certeza e eficiência nunca foi tão forte”, conclui Timo Rein.

1
1