www.publico.ptpublico.pt - 14 jun 17:38

Lisboa. Palácio dos Condes de Mesquitela foi desclassificado

Lisboa. Palácio dos Condes de Mesquitela foi desclassificado

O imóvel agora desclassificado foi alvo de obras para o transformar num condomínio de luxo. O processo de desclassificação foi iniciado em 2016.

O Palácio dos Condes de Mesquitela, edificado no século XVII por iniciativa da família Sousa de Macedo, foi desclassificado como imóvel de interesse público depois das profundas obras para o transformar num condomínio de luxo.

Numa portaria publicada esta semana em Diário da República, o Ministro da Cultura justifica que "o imóvel foi alvo de uma profunda intervenção destinada à sua adaptação para tipologias de habitação familiar, intervenção da qual decorreu a perda irreversível da integridade, da autenticidade, do carácter matricial, das relações volumétricas e do valor memorial do conjunto original".

Depois das obras intervenção iniciadas em 2008, o imóvel perdeu "as características patrimoniais e culturais anteriormente valorizadas e julgadas essenciais à manutenção da classificação de âmbito nacional", é acrescentado no documento.

Para Paulo Ferrero, do Fórum Cidadania Lisboa, “compreende-se a desclassificação, como se compreenderia noutros casos. Já não se compreende a classificação de coisas adulteradas”, contrapõe. O representante do movimento cívico afirma que não é aceitável que se demore tantos anos, visto que a obra não é de agora, a “reconhecer o embuste e que assim permitam que o proprietário usufrua da isenção de IMI. O prédio foi todo estropiado e foram construídos novos corpos que fazem cair por terra uma classificação, acho que é/era evidente à vista de todos desde a primeira hora, bastava olhar para o projecto.”

Recuperado e restaurado depois do terramoto de 1755, o Palácio dos Condes de Mesquitela foi classificado como imóvel de interesse público em 1993 e chegou a acolher vários estabelecimentos de ensino ao longo dos anos. Com  Lusa

Texto editado por Abel Coentrão

1
1