www.vidaeconomica.ptvidaeconomica.pt - 14 jun 20:32

Linha ADN start up

Linha ADN start up

Tive conhecimento de que foi criada uma linha de apoio a start ups de 10 milhões de euros. De que se trata?
Foi recentemente lançada a Linha de Apoio ao Desenvolvimento de Negócio 2018 – ADN Start Up. O IAPMEI e o Turismo de Portugal são as entidades financiadoras desta linha. A entidade de contacto é a sociedade de investimento SPGM e foram protocolados 11 bancos (Banco Atlântico Europa, BPI, BCP, Santander Totta, Bankinter, Caixa de Crédito Agrícola Mútuo de Leiria, Caixa Central de Crédito Agrícola Mútuo, Caixa Geral de Depósitos, EuroBic, Novo Banco e Novo Banco dos Açores).
A Linha ADN star Up visa apoiar a criação de empresas e o desenvolvimento de novos negócios por empresas de pequena dimensão, através da atribuição de financiamento bancário.
Podem candidatar-se as empresas que cumpram os seguintes requisitos:
Microempresas com 4 ou menos anos de existência;
Sede em território nacional,
Exerçam atividades enquadradas nas CAE elegíveis;
Não tenham incidentes não regularizados junto da banca, à data de emissão de contratação;
Ter a situação regularizada perante a administração fiscal e a segurança social;
Microempresas com Capital Próprio igual ou superior a 15%.
No caso de a microempresa ainda não estar criada, a garantia apenas será emitida após constituição formal da empresa.
Não são aceites:
Operações que se destinem à reestruturação financeira e/ou impliquem a consolidação de crédito vivo, nem operações destinadas a liquidar ou substituir, de forma direta ou indireta, ainda que em condições diversas, financiamentos anteriormente acordados com o Banco.
Operações destinadas à aquisição de terrenos e bens em estado de uso, bem como de imóveis e veículos ligeiros de uso geral que não possuam já (antes da aquisição) características específicas adequadas às exigências técnicas do processo produtivo da empresa
O financiamento máximo por empresa é de 50.000 J. Caso as características da atividade da empresa demonstrem a necessidade de aquisição de equipamento produtivo ou um sistema produtivo integrado que apresente um valor de aquisição e instalação mínimo de 150.000 J, então o valor do financiamento máximo pode ser de 100.000 J.
As empresas poderão apresentar, através do mesmo banco ou de vários bancos, mais do que uma operação no âmbito desta Linha. O conjunto das diversas operações não poderá ultrapassar o montante máximo de crédito referido.
As operações têm um prazo de até 8 anos, com períodos de carência de até 24 meses.
A taxa de juro aplicável corresponde à Euribor a 1, 3, 6 ou 12 meses, acrescida de um spread máximo de 3,75%.
A garantia mútua cobre 75% do valor do capital em dívida em cada momento. O Banco e a SGM poderão exigir outras garantias.
Esta linha de crédito está abrangida pelo regime de minimis ou pelo RGIC.


www.sibec.pt
sibec@sibec.pt
228 348 500
1
1