expresso.sapo.ptexpresso.sapo.pt - 14 jun 23:36

Uma professora foi despedida porque tirou fotos em bikini. Por isso, há uma nova hashtag a circular no Instagram (e convites para moda)

Uma professora foi despedida porque tirou fotos em bikini. Por isso, há uma nova hashtag a circular no Instagram (e convites para moda)

A russa Viktoria Popova tem 26 anos e inscreveu-se numa agência de modelos para fazer um álbum, para puxar a autoestima para cima. Sem saber, usaram as suas fotografias para promoção de uma loja e publicaram-nas no Instagram. A professora de História foi despedida e agora tem convites para ser modelo

De professora de História a protagonista de uma história que daria origem a um movimento nas redes sociais. Viktoria Popova, de 26 anos, leccionava na escola número 7 de Omsk, uma cidade russa a quase três mil quilómetros de Moscovo. Num certo dia, porque sentiu a necessidade de elevar a autoestima, inscreveu-se numa agência de modelos. A ideia passava apenas pela realização de um álbum, mas, sem saber, a sua imagem foi usada para promoção de uma loja. Por isso, e porque as fotografias em bikini chegaram ao Instagram, Popova foi despedida.

A russa foi acusada, pela escola e município, de desacreditar e denegrir de forma “irreversível” a sua profissão e o estabelecimento de ensino, conta o “Siberian Times”. Popova perdeu o emprego, explicam, porque quebrou o código de conduta da escola.

“Não conhecem o estilo americano dos anos 50?”, questionou a professora. “Lamento, mas isto não foi para promover um salão de homens. Hoje em dia, as pessoas tiram fotografias. Posam nas férias e publicam as fotografias online. Isto foi apenas um anúncio para uma loja.”

E continuou, em declarações à agência de notícias local: “Quando assinei contrato com a agência de moda, não tinha noção que as fotografias podiam ser usadas e publicadas online. Não fui l�� [à agência] para me tornar numa modelo, mas sim para levantar a minha autoestima. Não tinha nos planos partilhar as fotografias online. Queria apenas um álbum.”

Ver Twitter

A indignação pelo despedimento motivou uma onda solidária e a criação de uma hashtag no Instagram: “Os professores também são pessoas”. Esta hashtag conta mais de quatro mil fotografias de pessoas em fato de banho a posar para a máquina fotográfica (VER AQUI).

Segundo a "BBC", a escola voltou a convidar Viktoria Popova para dar aulas. A professora recebeu também, pelo menos, um convite para trabalhar em moda.

1
1